BIBLIA ORTODOXA

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Ariel Álvarez Valdés - O que sabemos sobre a Bíblia | Dízimo - Factos



Ariel Álvarez Valdés - O que sabemos sobre a Bíblia I



Ariel Álvarez Valdés - Que Sabemos Sobre a Bíblia, Volume II


Ariel Álvarez Valdés - Que Sabemos Sobre a Bíblia, Vol III



SOBRE O DÍZIMO, ESPÓRTULAS E TAXAS (Monsenhor Estanislau Polakowski)
O dízimo é disposição vétero-testamentária. Os Evangelhos não falam da obrigação de se pagar o dízimo. Neles, a palavra “dízimo” só é mencionada pelo fariseu da parábola que despreza o publicano, em Lucas 18, 12; em Mateus 23, 23, onde Jesus denuncia a hipocrisia dos escribas e fariseus, e na epístola aos Hebreus 7, 2. 5. 9, onde é lembrado o dízimo dado por Abraão a Melquisedec e o dízimo recebido pelos levitas. Há ainda a passagem em Mateus 22, 21, onde Jesus afirma: “Dai, pois, a Cesar o que é de Cesar e a Deus o que é de Deus”, “desafiando os adversários a serem tão observantes no pagamento de suas dívidas a Deus quanto o são para pagar suas dívidas com o imperador”.
Além do dízimo dos produtos da terra e dos rebanhos – em determinadas épocas substituído por dinheiro – o que existia no Antigo Testamento eram as ofertas de aves e animais (ofertas, ou melhor, taxas, porque eram determinações obrigatórias) para sacrifícios e purificações (Lev. 14).
O Livro 2º dos Macabeus conta-nos a coleta que Judas fez, enviando o montante de 10.000 dracmas a Jerusalém “para que se oferecesse um sacrifício pelos pecados” dos seus soldados mortos em combate. “Foi um bom e religioso pensamento o fato de ele acreditar que uma bela recompensa aguarda os que morrem piedosamente. Eis porque pediu um sacrifício expiatório, para que os mortos fossem livres de suas faltas” (2 Mac 12, 38-46).
Judas Macabeu fez uma coleta em dinheiro que rendeu 10.000 dracmas. “A dracma era a unidade monetária básica do tempo e o seu valor correspondia ao salário médio de um dia de um operário não especializado . Dez mil dracmas... dracma, salário mínimo de um dia... era muito dinheiro... e os mortos em combate não eram tantos (2 Mac 12, 34), “embora seja impossível estabelecer correspondências exatas entre a moeda em questão e o nosso dinheiro atual. Pelo valor atribuído à moeda padrão – dracma ou denário – poder-se-á avaliar a importância aproximada das outras moedas.”2
No Evangelho segundo São Lucas 2, 22-24, vemos Maria e José dirigindo-se ao templo de Jerusalém para a apresentação do Menino Jesus e a purificação da mãe. Havia uma taxa, um preço a pagar, e a importância não era pequena. Não se resgatava o primogênito por qualquer dinheiro, embora houvesse compreensão com a situação dos pobres.
“Em princípio, o primogênito homem pertencia ao Senhor, de quem deveria ser resgatado pelo pagamento de uma soma equivalente a cinco siclos”.  “O siclo, a mina e o talento eram, no Antigo Testamento, peças ou barras de metal (prata, ouro) usadas como meio de pagamento” (2 Reis, 18, 14). No tempo de Jesus, eram moedas do mais alto valor. O resgate do primogênito era efetuado no dia da circuncisão (Num 18, 15; Ex 13. 2-12).
“O Levítico descreve a cerimônia para a purificação da mãe quarenta dias depois de dar à luz (Lev 12, 1-8). Nessa ocasião, ela devia oferecer um cordeiro e uma rola ou um pombo, mas um casal pobre tinha permissão para trazer apenas duas rolinhas ou dois pombos”. Essas eram as taxas estabelecidas por lei.
Às portas do templo de Jerusalém havia o mercado que fornecia aos peregrinos o que precisavam como matéria para os sacrifícios. Foi ali que Maria e José devem ter comprado o par de rolas ou os dois pombinhos para o sacrifício. Alguns dos mercadores, porém, tiveram a ousadia de entrar com seus produtos no recinto do templo e foi dali que Jesus os expulsou (Lc 19, 45-46).
No templo de Jerusalém havia um cofre onde as pessoas deitavam suas ofertas, inclusive as de “uma viúva pobre” (Lc 21, 2). Aí sim, as ofertas eram espontâneas.
Jesus tinha uma bolsa e o encarregado dela era Judas Iscariotes, que “furtava o que nela lançavam” (Jo 12, 6). A bolsa continha, sem dúvida, um bom dinheiro, porque, além dos não poucos “surrupios” de Judas, sobrava ainda para pagar as despesas diárias dos doze. Não consta que Jesus tivesse feito milagres nesse sentido.
Junto ao poço de Jacó, “enquanto os discípulos foram à cidade comprar mantimentos, Jesus, cansado, sentou-se a beira do poço” (Jo 4, 6-8). Foram comprar comida para doze, mais Jesus. Por aí podemos imaginar qual era a despesa diária das refeições deles. Donde lhes vinha o dinheiro? Os Evangelhos nos informam de “muitas mulheres que seguiam Jesus desde a Galiléia para o servir” (Mt 27, 55; Mc 15, 40; Lc 23, 49). Pode ser também que pessoas, curadas de suas doenças por Jesus, num gesto de agradecimento, lhe fizessem doações em dinheiro. Seja como for, o dinheiro da bolsa não era pouco para atrair tanto os olhares de Judas.
Em Mateus cap. 10, versículo 8 vem escrito que Jesus enviou os doze em missão dando-lhes instruções, entre as quais a seguinte: “Curai os doentes, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos, expulsai os demônios”. Por esse benefício não deveriam cobrar nada, porque “recebestes de graça, de graça dai”. Entretanto, Jesus afirma que o operário do Evangelho é digno do seu salário (Lc 10, 7).
Nas cartas de São Paulo e dos outros apóstolos não se faz menção do dízimo. Fala-se de “coletas”, “esmolas”, “partilhas”, “remuneração” e “direitos”. Aliás, é Paulo o único a tratar sobre o assunto.
Coletas – Na carta aos Romanos (15, 25) Paulo lhes diz que está se dirigindo a Jerusalém para ajuda dos irmãos. As comunidades da Macedônia e da Acaia houveram por bem fazer uma “coleta” para os irmãos de Jerusalém que se achavam em pobreza.
Na segunda carta aos Coríntios (8, 1-12) Paulo lhes põe em evidência a generosidade além das expectativas das Igrejas da Macedônia, apesar das provações e da extrema pobreza pelas quais também elas passavam. Estimulava os Coríntios a darem, cada um, conforme o impulso do seu coração, sem tristeza nem constrangimento (2 Cor 9, 7) aos santos que passam fome em Jerusalém e estão sofrendo os efeitos de perseguições e provações.
Paulo, entretanto, toma muito cuidado para que a coleta chegue integral ao seu destino. Daí o também cuidado na escolha dos emissários e as cartas de apresentação quando ele não acompanhava pessoalmente o dinheiro. “Paulo procura estar acima de qualquer suspeita, em especial no uso do dinheiro, para se expor o mínimo possível às críticas”.
Coleta dominical – “No primeiro dia da semana cada um de vós ponha de parte o que tiver podido poupar, para que não esperem a minha chegada para fazer as coletas” (1 Cor 16, 2). Parece que havia já o costume de os cristãos se reunirem aos domingos para a celebração da Eucaristia. Coleta semanal que era guardada à parte e, “quando eu chegar, enviarei, com uma carta, os que tiverdes escolhido para levar a Jerusalém a vossa coleta” (1 Cor 16, 3). A coleta-oferta vai, uma vez mais, aos irmãos pobres de Jerusalém.
Direitos – Na primeira carta aos Coríntios capítulo 9, versículos 1-14. 18, Paulo lhes prova seus direitos de receber deles a remuneração para o seu sustento e para as suas viagens, direitos aos quais, entretanto, renuncia, e lhes apresenta quatro argumentos:
1º - Nenhum soldado vai à guerra às próprias custas.
2º - Até os animais merecem ser bem tratados pelo seu trabalho ao homem.
3º - Será demais pedir-lhes bens materiais em troca dos bens espirituais que receberam?
4º - O Senhor ordenou que todos os que pregam o Evangelho vivam dele: “Não sabeis que os ministros do culto vivem do culto e os que servem ao altar participam do altar? Assim também ordenou o Senhor que os que anunciam o Evangelho vivam do Evangelho (1 Cor 9, 13-14).
Problemas de manutenção pessoal, problemas financeiros causam má impressão na comunidade, quando é o pregador do Evangelho que os apresenta e reclama. “A questão do dinheiro é, na melhor das hipóteses, delicada. Paulo procurou ser prudente ao máximo com os fiéis de Corinto. Mesmo assim houve dúvidas e críticas... Tinha ele também a obrigação de preservar os direitos de seus missionários.”5
A comunidade dos Filipenses foi muito querida do apóstolo Paulo. “Dou graças a meu Deus cada vez que de vós me lembro. Em todas as minhas orações rezo sempre com alegria por todos vós, recordando-me da cooperação que haveis dado na difusão do Evangelho, desde o primeiro dia até agora”. (Filip 1, 3-5). Por duas vezes recebeu deles ajuda em suas necessidades. Nenhuma comunidade abriu com ele contas de deve-haver. Paulo lhes dava o bem espiritual do Evangelho e eles lhe retribuíam com bens materiais.
Remuneração – A Timóteo, Paulo escreve: “Os presbíteros que desempenham bem o cargo de presidir, sejam honrados com ‘dupla remuneração’, principalmente os que trabalham na pregação e no ensino, pois o operário é digno do seu salário” (1 Tim 5, 17-18).
Partilha – Aos Gálatas, recomenda o apóstolo que “aquele que recebe a catequese da palavra (os catecúmenos), reparta de todos os seus bens com aquele que o instrui”, isto é, dê uma contribuição financeira ou de outro tipo para o sustento do mestre. Hoje, essa instrução catequética é feita gratuitamente.
Esmolas – O serviço da obra de caridade não só provê as necessidades dos irmãos, mas é também uma abundante fonte de ações de graças a Deus, pois “ao reconhecer a experimentada virtude que esta assistência revela da vossa parte, eles glorificam a Deus pela obediência que professais relativamente ao Evangelho de Cristo e pela generosidade de vossas ‘esmolas’ em favor deles e em favor de todos” (2 Cor 9, 12-13).
Conclui-se, pela Bíblia:
  • No Antigo Testamento exigia-se o dízimo;
  • Havia taxas a pagar no cumprimento de certos deveres religiosos;
  • Ofereciam-se sacrifícios espontâneos;
  • Faziam-se ofertas livremente;
  • No Novo Testamento faziam-se coletas em favor de Igrejas pobres;
  • Recomendava-se que os bons presbíteros recebessem salário dobrado;
  • Recomendava-se que os catequistas fossem remunerados e
  • Se uma comunidade relutasse em pagar o que devia, podia-se proclamar “alto e bom som” que “os ministros do culto vivem do culto, que os que servem ao altar, participam do altar e que o Senhor ordenou que os que anunciam o Evangelho, vivam do Evangelho”.
Haveria simonia em algum desses procedimentos?
Percebe-se que, advindos de uma tradição judaica, muitas comunidades primitivas realmente preocupavam-se com a própria manutenção e as necessidades de seus membros, embora não de modo estrito como os fariseus do Evangelho.
De fato, mesmo nas questões materiais eram “um coração e uma só alma”. Seria isso uma utopia em tempos hodiernos?
Falta aos católicos “olhos atentos à própria realidade!”




SIMONIA AINDA HOJE?
Taxas e espórtulas são simonia?
“Havia, na Samaria, um homem por nome Simão, que exercia magia na cidade... e fazia-se passar por um grande personagem... Todos lhe davam ouvidos... mas, depois que o povo acreditou em Filipe, que lhes anunciava o Reino de Deus e o nome de Jesus Cristo, homens e mulheres pediam o batismo. Simão também acreditou e foi batizado... Ele não abandonava Filipe, admirando, estupefato, os grandes milagres e prodígios que eram feitos.
Os demais apóstolos em Jerusalém souberam da conversão de samaritanos... Enviaram-lhes Pedro e João... que fizeram oração pelos novos fiéis, para que recebessem o Espírito Santo... Os dois apóstolos impuseram-lhes as mãos, e eles receberam o Espírito Santo.
Quando Simão viu que se dava o Espírito Santo por meio da imposição de mãos dos apóstolos, ofereceu-lhes dinheiro, dizendo: “Dai-me também este poder, para que aquele a quem impuser as mãos receba o Espírito Santo”. Pedro respondeu: “Maldito seja o teu dinheiro e tu também, se julgas poder comprar o dom de Deus com dinheiro” (Atos 8, 9-20).
Eis o que é “simonia”: “pecado daqueles que, como Simão, o mago da Samaria, tentam conseguir bens espirituais por dinheiro ou outros bens materiais”.
Há quem precipitadamente afirme que as taxas cobradas em Igrejas Católicas por ocasião de batismos, crismas, casamentos e missas sejam simonias.
Deve-se recordar que:
1º - São os bispos dos Regionais que pensam e decidem sobre o assunto e determinam o valor das taxas.
2º - O Concílio Ecumênico de Constança, na 8ª sessão, realizada no dia 4 de maio de l.415, reprovou 45 afirmações de João Wyclif, entre as quais figurava a seguinte:
“A confirmação dos jovens, a ordenação dos clérigos e a consagração dos lugares são reservados ao Papa e aos bispos por avidez de lucro temporal e honras”. A esta afirmação o Concílio respondeu:
“Os quarenta e cinco artigos de João Wyclif (entre os quais está o supra), não são católicos, alguns deles são notoriamente heréticos, alguns errôneos, outros temerários e sediciosos, outros ofensivos aos ouvidos piedosos”.
Este Concílio foi confirmado pelo Papa Martinho V em 22 de fevereiro de 1418.
João Wyclif considerava simoníacos até “Os que se comprometem a orar por outros que os ajudaram nas necessidades temporais”.
A conclusão a respeito de possível simonia com as taxas cobradas pela Igreja é obvia. Não passa – ou ao menos não deveria passar – pela  mente dos sacerdotes, e muito menos dos bispos, a idéia de “avidez de lucro”. Além do mais, a importância financeira é simbólica e é depositada, exceto as espórtulas de Missas, na conta da Igreja-Comunidade.




ABOLIR AS TAXAS?
Introduzir o dízimo numa paróquia, e depois que estiver ele suficientemente fortalecido, abolir as taxas, não parece ser uma idéia correta.
Acabar com as taxas que dão a idéia de pagamento justo e obrigatório pelos sacramentos? Uma  catequese adequada tirará essa má impressão. Mude-se o nome. Em vez de taxa, diga-se “espórtula” e explique-se o seu significado: donativo ou gratificação que se faz ao sacerdote por ocasião de batismo, crisma, casamento ou ao solicitar uma missa a ser oferecida pela intenção pessoal de alguém.
De acordo com o Código de Direito Canônico, “segundo o costume aprovado pela Igreja, a qualquer sacerdote que celebra ou concelebra a missa é permitido receber a espórtula oferecida, para que ele aplique a missa segundo determinada intenção”.
Mas, ao mesmo tempo, “recomenda-se vivamente aos sacerdotes que, mesmo sem receber nenhuma espórtula, celebrem a missa segundo a intenção dos fiéis, especialmente dos pobres”.
Os fiéis que fazem esse oferecimento “concorrem, com essa oferta, para o bem da Igreja, e participam de seu empenho no sustento de seus ministros e obras”.
O Código também insiste em que se deve “afastar das espórtulas de missas até mesmo qualquer aparência de negócio ou comércio” e há regulamentos direcionando bem tal assunto. O mesmo pode aplicar-se às espórtulas de batismo, crisma e casamento.




AS TAXAS SÃO BÍBLICAS
Os primeiros sete capítulos do Livro do Levítico falam dos holocaustos, das oblações, das primícias, dos sacrifícios de ação de graças, dos sacrifícios pelos pecados e de reparação, que eram consumidos pelo fogo, mas em parte ou o que sobrava era para Aarão e seus filhos (Lev 2, 3.10; 6, 9.19; 7, 6.9.31-34).
“O Senhor ordenou aos israelitas que dessem (parte dos sacrifícios) aos sacerdotes, desde o dia de sua unção como sacerdotes a serviço do Senhor... É um direito perpétuo que tem sobre os israelitas” (Lev 7, 35-36).
O capítulo 27 do Levítico fala dos votos e resgates. Um verdadeiro negócio de avaliações e pagamentos, não fosse o espírito com que eram feitas essas transações, espírito que deveria entrar na cobrança das nossas “taxas”. Apenas os quatro últimos versículos do Levítico dão orientações sobre o dízimo (Lev 27, 30-33).
Os votos consistiam em ofertas que se faziam ao Senhor, ofertas de pessoas, de animais, de casas, de terras. No versículo 19 e seguintes vem escrito:
“Se aquele que consagrou o seu campo quiser resgatá-lo, ajuntará um quinto ao preço fixado e possui-lo-á. Se não o resgatar e o vender a outro, esse campo não poderá mais ser resgatado. Quando o campo ficar livre no jubileu, será consagrado ao Senhor como um campo votado ao interdito e tornar-se-á propriedade do sacerdote. Todas as avaliações se farão em siclos do santuário. O siclo vale vinte geras”  (Lev. 27, 25). Isto quer dizer que todos os preços eram calculados de acordo com uma tabela oficial. A barra padrão, o siclo, valia vinte geras.
Em certo sentido, com o resgate permanecia o voto, trocando-se apenas um bem material por outro pecuniário correspondente, levando-se em conta a situação do pobre que não podia pagar a taxa estabelecida; devia apresentar-se ao sacerdote, que faria a avaliação e veria o que ele pudesse dar (Lev 27, 8). O que não era resgatado, era vendido (Lev 27, 27).
Conclui-se, portanto, que no santuário faziam-se algumas transações comerciais, como o resgate de bens que as pessoas consagravam a Deus. Deixa-se entrever que o santuário tinha uma espécie de banco ou caixa onde era depositado o dinheiro recebido e que determinava o valor da moeda.




UM POUCO DA HISTÓRIA DO DÍZIMO NO BRASIL
“Os dízimos, definidos com precisão pela Lei de Moisés, deixaram de ter vigor no início da era cristã. Todavia, a partir do século VI, alguns Concílios começaram a estipular o pagamento de dízimos em vista do sustento, do culto e das obras da Igreja. As autoridades civis, a partir de Carlos Magno, confirmaram as leis da Igreja. A instituição ficou em vigor até o século XVIII, quando a Revolução Francesa resolveu extinguir a praxe na França, sendo esta atitude imitada pelos demais governos europeus, durante o século XIX. No Brasil, a Proclamação da República acarretou a abolição das leis dizimistas.
Em l917 o Código de Direito Canônico então promulgado, rezava: “No tocante ao pagamento de dízimos e primícias, observem-se os estatutos e os louváveis costumes vigentes em cada região”.
O novo Código, promulgado em l983, já não fala de dízimo, mas recorre à linguagem genérica: “Os fiéis têm obrigação de socorrer às necessidades da Igreja, a fim de que ela possa dispor do que é necessário para o culto divino, para as obras de apostolado e de caridade e para o honesto sustento dos ministros.” (Revista Pergunte e Responderemos, nº 514, abril de 2005, pág. 165).
Entretanto, o 5º mandamento da Igreja passou a ser letra morta. Observavam-se os quatro primeiros, mas não o quinto, que dizia: “Pagar o dízimo segundo o costume”. O costume era não pagar. Ninguém pagava. Não era má vontade, mas falta de alguém que explicasse ao povo as razões do dízimo e organizasse o estilo de recebimento.
“Foi em l970, durante a XI Assembléia Geral da CNBB, em Brasília,  que uma Comissão Especial foi nomeada para continuar os estudos já iniciados anteriormente com o folheto “Campanha Nacional do Dízimo”.
O Plano elaborado pela Comissão foi aprovado pela XII Assembléia Geral do Espicopado, em Belo Horizonte, em fevereiro de 1971. A partir de então, começou a movimentação no sentido de adoção do novo sistema.
As Assembléias Gerais XIII (São Paulo, 1973) e XIV (Itaici, 1974), voltaram a tratar do assunto, mas verificaram que não se podia pretender impor um mesmo esquema de trabalho em todas as regiões.
A XIV Assembléia concluiu seus estudos sobre a questão, firmando, entre outros, o seguinte princípio: “Todas as dioceses do Brasil devem ter como meta a implantação do dízimo como sistema de contribuições periódicas que substitua progressivamente o sistema de taxas e espórtulas”.
Trinta e quatro anos passaram, o dízimo está praticamente implantado em todas as paróquias, mas é insuficiente, razão pela qual as “taxas” e “espórtulas” estão ainda em vigor. Não se pode negar que houve um bom progresso. Lembre-se, entretanto, que o objetivo do dízimo não é apenas suprir as necessidades da paróquia; ele deve ajudar os necessitados da comunidade e precisa ir mais longe: deve ser missionário. Uma opção preferencial pelos pobres também precisa angariar recursos que cooperem na promoção dos excluídos.




CONSIDERAÇÕES SOBRE O DÍZIMO
  1. O dízimo é bíblico, embora seja uma instituição do Antigo Testamento. Ele tem apresentado defeitos na sua aplicação e até no próprio nome – que é dízimo, mas na realidade não é. O termo dízimo é usado para descrever qualquer contribuição de renda, embora menor que um décimo.
  2. Se o dízimo, com a abolição das taxas, é o caminho, nenhuma paróquia deveria fazê-lo de maneira independente das outras. Todas as paróquias deveriam dar, todas, em conjunto, o mesmo passo. É algo que não se tem condições de fazer de um dia para outro.
  3. Dízimo com liberação das taxas é uma espécie de Plano como o de saúde, Plano de Assistência Espiritual (PAE) ou Plano de Assistência Religiosa (PAR). Até o fim da vida, desde o batismo até às exéquias, o fiel dizimista teria pronta assistência e atendimento em suas necessidades espirituais. Isto é até um bom negócio, mas não é o certo. O dízimo deve ser dado como dito na Bíblia: Deus me deu, eu lhe devolvo uma parte de coração e com alegria, não esperando nada em troca, porque dele já muito recebi.
  4. Os que aboliram as taxas poderiam fazer o seguinte:
    1. Voltar a cobrar as taxas, encaminhando-as para as igrejas que passam necessidade; ou
    2. Encaminhar as taxas para o Fundo Diocesano de Solidariedade; ou
    3. Formar um Fundo de Assistência a sacerdotes doentes ou idosos que já não podem trabalhar, para que recebam um salário de gratidão e reconhecimento pelos anos de atividade pastoral.
  5. Em certas paróquias, todos os meses, após a Missa principal, é feito sorteio de uma Bíblia ou de algum presente. Como o “carnê” de cada dizimista é numerado, um dos números é sorteado. Vai nisso certa discriminação: quem é dizimista pode ser sorteado, quem não é..., embora a intenção seja a de animar, de um lado, os dizimistas, e de outro, os não dizimistas, para que o sejam.
  6. Pagar o dízimo e ficar livre das taxas é, de fato, um bom negócio; mas, com isso, o dízimo perde a característica essencial de gratuidade. Dependendo da quantia, o dizimista poderá estar investindo menos na Igreja do que se pagasse as taxas das quais está dispensado, o que, evidente, lhe é mais vantajoso, a menos que se estabeleça um valor mínimo do dízimo.
  7. Quem não é dizimista, como fica? Pagará pelo menos uma taxa simbólica ou fará uma oferta espontânea por uma intenção de missa ou batizado, sendo ao mesmo tempo convidado a ser dizimista para gozar das vantagens? Se estes casos se multiplicarem, a menos que quase toda a paróquia seja dizimista, haverá discriminação que ferirá os próprios dizimistas, que poderão dizer: “Sem dízimo, apenas com uma simples oferta, há pessoas que têm os mesmos direitos que nós. Então, por que ser dizimista?”
  8. Em certas paróquias onde o dízimo foi introduzido com bons resultados e, conseqüentemente, as “taxas” foram abolidas, há o costume de mensalmente sortear-se um presente entre os dizimistas, como dito anteriormente. É feito, portanto, um sorteio, uma espécie de rifa. Para alguns, isto cheira a jogo de azar. Se é feito o sorteio, um ou alguns terão a sorte de ser contemplados, outros não, a menos que se vão eliminando os ganhadores para que, ao final de algum tempo, todos tenham recebido o seu presente... de gratidão?
  9. O dízimo, para ser verdadeiro, deve ser independente das ofertas, espórtulas ou taxas que poderiam continuar existindo. A recompensa do dizimista não deve ser material (sorteios, presentes, isenção de taxas); a compensação deve ser espiritual, a do coração alegre que reconhece que tudo o que tem e tudo o que recebe é dom de Deus. O nosso dízimo deve ter o sabor do dízimo original. Aí o dizimista sabe que está dando sem receber outra recompensa senão a alegria de devolver a Deus.
  10. Faça-se uma distinção entre sacramentos e o ministro que o celebra. Com respeito aos sacramentos, Jesus disse: “De graça recebestes, de graça dai” (Mt 10, 8). Com relação ao ministro, também disse Jesus: “Os que celebram o culto, vivam do culto e os que servem ao altar, vivam do altar, porque o operário do evangelho também é digno do seu salário” (Lc 10, 7).     
  11.  Convém que as “taxas” (com outro nome) continuem como ofertas esporádicas em acontecimentos especiais ou únicos na vida, como o batismo, a crisma, o casamento. A alegria do grande dom recebido no sacramento deve provocar a necessidade de agradecer e o desejo de demonstrar a gratidão de maneira concreta, alegre e generosa. Para se ter esses sentimentos é necessária uma formação cristã mais profunda: “Faze todas as tuas ofertas com um rosto alegre”, diz-nos o Eclesiástico capítulo 35, versículo 11.
  12. Se o dizimista está isento de taxas, ele mesmo pode tomar ares de alguém que fez um negócio bem feito. Ele pode dizer: “Eu pago o dízimo e, em troca, tenho tudo que preciso da Igreja, de graça.” O dízimo seria uma espécie de plano, como dito acima, em que se faz mensalmente um determinado depósito e, em contrapartida, recebe-se o atendimento desejado. O dízimo seria como um plano de atendimento espiritual, desde o batismo até os funerais, com direito a missas póstumas. Realmente, um bom negócio!
  13. O cristão instruído na fé não pergunta: “Quanto é?”. Ele sabe qual é o valor dos dons de Deus. Conseqüentemente, dentro de suas possibilidades, a sua oferta será generosa, sem dúvida acima das “taxas” que, então, não precisarão existir.
  14. Será difícil convencer cristãos analfabetos na fé dos seus verdadeiros direitos na Igreja da qual são membros pelo batismo, como também será difícil convencer, e mais ainda, dos seus deveres e obrigações. Cristãos instruídos colaboram com generosidade na sua Igreja, transmitindo a outros os conhecimentos adquiridos e vividos, colocando seus talentos a serviço da comunidade e fazendo o seu dízimo e ofertas com alegria.
  15. O dizimista instruído não deve esperar nada em troca. O dízimo é uma oferta gratuita, ou melhor, uma devolução, um gesto de alegria que perderia todo o seu sabor se tivesse alguma compensação por tudo o que recebeu, o que não é pouco.
O verdadeiro dizimista, instruído nas coisas de Deus, sabe que dele muito recebeu. Por isso, dá o seu dízimo de coração e com alegria. Cobrar algo pelo dízimo ou até simplesmente aceitar algo é receber tudo de Deus, devolver-lhe uma pequena parte e exigir que Deus lhe recompense por isso.
  1. Há pessoas que estão dispostas a pagar o dízimo, mas perguntam: “O que é que eu vou receber em troca?” Poder-se-ia dizer: “Você recebe uma igreja limpa e acolhedora; com o seu dízimo, você ajuda a pagar o salário da zeladora e os produtos de limpeza e conservação que ela precisa para realizar o seu trabalho; você tem um sacerdote que está à sua disposição em assuntos pertinentes; tem à disposição Missas todos os dias; você ajuda a pagar as despesas de água, luz, telefone, o trabalho do jardineiro, da secretária, o salário dos sacerdotes, lembrando, porém, que o padre, a zeladora, a secretária e outros operários da igreja são pessoas humanas que querem fazer bem o seu trabalho, mas, por fragilidade, isso às vezes pode não acontecer; você tem aulas de catequese para a Primeira Comunhão e Crisma de seus filhos; catequistas que preparam pais e padrinhos para o batismo de seus filhos e afilhados, trabalho este realizado gratuitamente por paroquianos e paroquianas iguais a você e que também contribuem com o dízimo.
  2. O dízimo é um presente, um dom que damos a Deus, parte daquele dom maior que dele recebemos. Se é dom, e é de fato, não tem sentido reivindicar alguma regalia em troca.
  3. Assim como não se deve dispensar os dizimistas das “taxas”, assim também não se deve oferecer uma Missa em ação de graças pelos dizimistas. Pode-se, sim, celebrar a Missa do Dízimo. Não se deve dar a impressão de compensação ou gratificação. O dízimo é um “muito obrigado” a Deus. Quem agradece, já recebeu. Colaborar financeiramente com a Igreja em obras sociais, no atendimento aos carentes, no trabalho missionário da Igreja, esta deve ser a alegria do dizimista. Aceitar retribuição seria ofensa. Aceitar que uma missa seja celebrada nas intenções de uma pessoa que pede e faz uma oferta, tudo bem. Mas, oferecer uma Missa pelos dizimistas descarta os não dizimistas, provocando discriminação.
  4. Da parte do Magistério da Igreja, depois da Revolução Francesa na Europa e da Proclamação da República no Brasil, nada consta sobre o dízimo, a não ser a lembrança do antigo mandamento, em geral não posto em prática: “Pagar o dízimo segundo o costume”, agora modificado, segundo o Catecismo da Igreja Católica, para “atender as necessidades materiais da Igreja, cada qual segundo as próprias possibilidades”.
  5. Exemplo: Tenho um salário de dois mil reais. Reconheço que é um dom de Deus que me dá saúde e força, “engenho e arte” para ganhá-lo. Por isso, retribuo devolvendo-lhe o dízimo, duzentos reais. Não preciso e nem devo pedir nada a Deus em troca porque, embora o dízimo seja de Deus antes que eu lho ofereça, ele é uma fonte de bênçãos.
  6. Também os padres devem contribuir com o dízimo, pois assim vem escrito no Livro dos Números cap. 18, 26-28.31: “O Senhor disse a Moisés: Dirás aos levitas: quando receberdes o dízimo dos israelitas, tomareis dele uma oferta para o Senhor, o dízimo do dízimo... e esta oferta reservada para o Senhor, vós a entregareis ao sacerdote Aarão”. “Uma vez descontado o dízimo do dízimo” ...o restante é o salário que recebeis pelo serviço que prestais na tenda de reunião”.
Quando o Povo de Deus vagueava pelo deserto rumo à Terra Prometida, vivia em tendas; dentre elas uma se destacava, era a tenda de reunião, uma espécie de capela móvel da qual, entretanto, os israelitas não deveriam se aproximar, e na qual os levitas exerciam funções religiosas. Daí dizer o Senhor: “Quanto aos levitas, dou-lhes como patrimônio todos os dízimos de Israel pelo serviço que prestam na tenda de reunião” (Num 18, 21-22).
  1. Se à doação mensal que se faz à Igreja se dá o nome de dízimo, como no Antigo Testamento, embora não o seja de fato, conserve-se dele o espírito de gratuidade, ou melhor, de devolução. Não se pede e não se faz nenhum favor a Deus pagando o dízimo.
  2. Há pessoas que, com certo orgulho, até certo ponto legítimo, dizem: “Em nossa paróquia não temos taxas porque pagamos o dízimo. O dízimo nos dá o direito de receber da Igreja tudo que precisamos: batizados, crismas, casamentos e, sobretudo, missas. Tudo isso recebemos sem pagar taxa alguma. O dízimo que pagamos nos isenta das taxas. Pelo fato de eu ser dizimista, não ganho apenas descontos, mas a liberação das taxas.” Neste caso, o dízimo pode ser realmente um bom negócio.
  3. Que a paróquia bem sucedida no dízimo não cante vitória sozinha, mas ajude a vizinha a se unir a seu canto, e esta à outra, até atingir todas.
  4. Como foi lembrado acima, o quinto mandamento da Igreja agora se expressa assim: “Atender às necessidades materiais da Igreja, cada qual segundo as próprias possibilidades”. Como se vê, não se menciona mais a palavra “dízimo”. Portanto, usar a palavra “dízimo” hoje é uma imprecisão, embora corresponda à importância que cada um quer ou pode dar.
  5. Oração de um dizimista interesseiro: “Meu Deus, eu sei que tudo o que tenho de vós recebi. Eu vos agradeço. É para vos demonstrar a minha gratidão que vos dou os dez por cento de todos os meus rendimentos. Em contrapartida, peço que me dispenseis, ou a vossa Igreja me dispense, de todas as taxas. Amém.”
  6. As missas sem espórtulas podem causar problemas. Os dizimistas podem se achar no direito de pedir quantas missas quiserem. E se uma ou mais pessoas pedirem a assim chamada “missa gregoriana”? E se desejarem missa todo mês? Então, terão que se estabelecer novas normas. O dízimo passará a ser considerado como um privilégio e não será mais uma doação espontânea: “Eu pago o dízimo, tenho direitos e exijo que sejam respeitados”.
  7. A implantação do dízimo sem taxas poderia ser uma ação conjunta de todas as paróquias. As paróquias mais bem aquinhoadas na arrecadação de dízimos não deveriam tomar a iniciativa da abolição das taxas de maneira independente. Do contrário, dividiria as comunidades. Os fiéis começariam a perguntar: “Por que em algumas igrejas se cobra a missa e em outras não?” Os padres que pedem espórtulas poderiam ser taxados de dinheiristas e serem acusados daquilo que alguns fundamentalistas em âmbito reservado dizem ser simonia: “Cobrar taxas pelos sacramentos é simonia!” Tal idéia passaria ao domínio público e haveria, então, duas classes de padres: os simoníacos e os desapegados. O povo começaria a procurar aquelas igrejas onde as coisas são mais baratas e até gratuitas. Aí sim, as igrejas se tornariam casas de comércio. Exageros? Talvez...
  8. É claro que os sacramentos são dons de Deus e não têm preço. Isso, porém, não significa que não se deva dar nada. Devemos ser reconhecidos por eles, não apenas com agradecimentos verbais, mas de maneira concreta, com uma oferta-doação que signifique o reconhecimento. É preciso valorizar também o trabalho dos sacerdotes.
  9. Por que não se devem pagar as coisas de Deus?
1º - Porque são dons de Deus e presentes que se agradecem.
2º - Porque esses dons divinos são necessários à salvação.
Mesmo que alguém não ofereça o seu dízimo, não se deve negar a ele tudo aquilo de que precisa para que “tenha vida e a tenha em abundância” (Jo 10, 10).
  1. O fiel católico recebe de Deus, através da Igreja, a oportunidade de participar do banquete eucarístico até todos os dias; no sacramento da Confissão recebe o perdão de Deus; o Evangelho lhe é anunciado nas missas e em outras ocasiões; os seus doentes são visitados, ungidos e preparados, a eucaristia lhes é levada pelos Ministros, os seus mortos são acompanhados pela oração da Igreja e os seus corpos abençoados, na esperança da ressurreição. Diversos cursos para aprimoramento na fé são oferecidos, os padres estão à disposição para ouvir desabafos, dar aconselhamentos e orientações. A tudo isto e outras coisas mais, o fiel católico retribui com o seu dízimo. Os padres fazem todos os dias uma hora de oração pelo seu povo.
De Deus, pela Igreja, o fiel recebe todas essas coisas. O fiel retribui devolvendo a Deus, pela Igreja, parte daquilo que dele recebeu, e Deus mantém a sua Igreja e seus ministros pelo trabalho que desenvolvem em favor de seu povo. É o que está na Bíblia: “Quanto aos levitas, dou-lhes como patrimônio todos os dízimos de Israel pelo serviço que prestam na tenda de reunião” (Num 18, 21).
  1. O Novo Testamento é o testamento da liberdade, em que as pessoas instruídas na fé, sabendo que é pouco o que dão, ou melhor, o que devolvem a Deus em retribuição pelo muito que dele receberam e continuam recebendo, fazem ofertas até mais que o dízimo generosas, de modo que “o que colheu muito não teve sobra, e o que pouco colheu não teve falta” (2 Cor 8, 15).




CONCLUSÃO
  1. O dízimo é determinação do Antigo Testamento.
  2. No Antigo Testamento, além do dízimo, havia oblações particulares que implicavam despesas para o ofertante.
  3. Judas Macabeu coletou uma boa quantia em dinheiro para mandar a Jerusalém, a fim de oferecer UM sacrifício pelos soldados mortos em combate.
  4. Jesus aprova o dízimo dos fariseus e as ofertas.
  5. Jesus mesmo e seus apóstolos viviam de ofertas, não de dízimos.
  6. O apóstolo Paulo não cobra dízimos, mas faz coletas em Corinto e outras comunidades, para ajudar a comunidade pobre de Jerusalém, e fala com autoridade à comunidade de Corinto, dos seus direitos ao salário, ao qual abdica por razões especiais.
  7. O apóstolo Paulo fala do direito dos catequistas a um auxílio. Do direito que ele e seus missionários têm de receber o salário por seu trabalho.
  8. O próprio Jesus afirmou que o operário do Evangelho é digno do seu salário.
  9. Se se aplicasse o dízimo na Arquidiocese com a abolição das taxas, isso deveria ser iniciativa de todas as paróquias em conjunto.
  10. Mesmo assim, parece de bom alvitre que as taxas permaneçam, embora com nome diferente como espórtulas ougratificações. As pessoas fariam suas ofertas ou doações espontâneas por ocasião da celebração dos sacramentos e, se instruídas, fariam ofertas significativas.
  11. As paróquias que têm um bom dízimo e dispensaram as “taxas”, depositem na conta da Mitra da Arquidiocese um dízimo dobrado, ou passem a receber de novo as “taxas abolidas” como doações para obras diocesanas ou para o Fundo Diocesano da Solidariedade.
  12. Antes de tudo, porém, é necessária uma ampla e profunda catequese sobre o assunto.




BINGOS, RIFAS, QUERMESSES: JOGOS DE AZAR?
Há quem exorcize das igrejas os bingos, rifas e outros jogos como jogos de azar. O que diz a respeito o Catecismo da Igreja Católica?
            “Os jogos de azar (jogos de cartas e afins) ou as apostas em si não são contrários à justiça. Tornam-se moralmente inaceitáveis quando privam a pessoa daquilo que lhe é necessário para suprir as suas necessidades e as dos outros. A paixão pelo jogo corre o risco de se transformar em uma dependência grave. Apostar injustamente ou trapacear nos jogos constitui matéria grave, a menos que o dano infligido seja tão pequeno que aquele que o sofre não possa razoavelmente considerá-lo significativo.”
            Bingos, rifas, jogos que se fazem em festas juninas e outras que têm a aparência de jogos de azar são diferentes em seu espírito e em seu objetivo daqueles que são proibidos pelo sétimo mandamento da Lei de Deus. São reuniões familiares e de amizade, cada qual com sua característica própria. Todos sabem que a sua finalidade é reunir a comunidade e amigos para se divertirem de maneira sadia, ao mesmo tempo em que colaboram adquirindo suas cartelas, fazendo suas apostas, comprando um número da rifa, tentando acertar a boca do palhaço ou a argola no gargalo da garrafa, participando de um leilão, fazendo o seu lanche, entre outras.
            Pessoas que participam desses eventos sabem que estão dando sua contribuição para obras assistenciais, de manutenção ou construção em sua comunidade. Não pode ser qualificado como exploração um jogo que é uma diversão que reúne pessoas conhecidas, como é uma comunidade paroquial onde, sob a coordenação graciosa de alguns de seus membros, se promovem eventos em benefício da própria comunidade ou para dar ajuda a comunidades ou instituições que passam por dificuldades financeiras ou precisam de algum auxílio. Leve-se em conta que os prêmios nos bingos e outras promoções não são em dinheiro, mas produtos de consumo ou para o uso de quem os recebe. Além disso, boa parte das prendas são doações.
            Os que trabalham nesses eventos o fazem gratuitamente. O trabalho é gratuito quando o trabalhador não cobra aquilo que lhe é de direito; renuncia a esse direito em prol de uma obra de caridade ou de campanha que tem por finalidade beneficiar a quem precisa. Iniciativas assim são comuns. Cada um dá de bom coração, contribuindo com o que pode.
            Haverá algum inconveniente promover um bingo ou mesmo uma rifa para “engrossar” as coletas das Campanhas da Fraternidade e de Evangelização, Óbolo de São Pedro, Seminários, Obras diocesanas, Missões e outras de cunho humanitário, como ajuda a desabrigados vítimas de terremotos, enchentes, guerras...?
É evidente que festas, rifas e bingos de grande porte apresentam riscos. Convém evitá-los.
INVESTIR NA INSTRUÇÃO DOS FIÉIS
            Um dos grandes problemas da Igreja, senão o maior, é a ignorância religiosa dos cristãos. Portanto, a sua solução é a instrução, o conhecimento, a explicitação acessível às mentes mais simples das razões da nossa fé.
            O Papa Bento XVI, recebendo os bispos da Suíça em visita “ad límina apostolorum”” (visita que todos os bispos que têm o encargo de uma diocese devem fazer a cada cinco anos a Roma, para venerar os sepulcros dos santos apóstolos Pedro e Paulo e apresentar-se ao romano pontífice, a quem levam tambném um relatório sobre o estado de sua diocese), o Papa lhes fez um discurso em que denunciou as dolorosas conseqüências do nível espantoso a que chegou a ignorância religiosa.
            Quantos dos nossos leigos são capazes, como vem escrito na primeira carta de Pedro (3, 15) “de responder àqueles que perguntarem pelas razões de sua esperança”? Quantos são capazes de dar essas razões “com mansidão, respeito e boa consciência”? Muito poucos.
            Diante dessa “ignorância espantosa” é necessário investir na formação religiosa mais profunda de pelo menos alguns leigos e leigas para ajudarem os párocos no trabalho de melhor evangelização da comunidade; leigos longamente preparados, com dedicação total à Igreja e por ela dignamente remunerados. É o apóstolo Paulo que recomenda: “Aquele que recebe a catequese da palavra reparta de todos os seus bens com aquele que o instrui” (Gal 6, 6).




TEXTOS BÍBLICOS SOBRE O DÍZIMO E OUTRAS OFERTAS
      • »»»»»»»»»»O primeiro a oferecer dízimos foi Abraão. (Gên 14, 17-2)
      • »»»»»»»»»»Mas foi Abel quem ofereceu os primeiros cordeirinhos ao Senhor. (Gên 4, 4)
      • »»»»»»»»»»Os sacerdotes, religiosos e religiosas e pessoas que trabalham na igreja com serviço »»»»»»»»»»remunerado devem também pagar o dízimo. (Núm 18, 25-32)
      • »»»»»»»»»»O dízimo destina-se à manutenção do templo e à assistência aos pobres. (2 Crôn 31, 4-10)
      • »»»»»»»»»»O dízimo é um compromisso moral que todo fiel deve assumir. (Tb 1, 6-8)
      • »»»»»»»»»»Fidelidade no pagamento do dízimo. (Mal 3, 6-12)
      • »»»»»»»»»»Todos os dízimos dos produtos da terra como dos frutos das árvores pertencem ao Senhor. »»»»»»»»»»(Lev 27, 32)
      • »»»»»»»»»»A décima cria do rebanho é do Senhor. (Lev 27, 32)
      • »»»»»»»»»»O Senhor dá aos filhos de Levi por herança todos os dízimos arrecadados em Israel em »»»»»»»»»»compensação pelos seus serviços. (Núm 18, 21)
      • »»»»»»»»»»Voto de Jacó e seu dízimo. (Gên 28, 20-22)
      • »»»»»»»»»»Contribuição para o santuário. (Ex 25, 1-9)
      • »»»»»»»»»»O Senhor é a herança dos levitas. (Núm 18, 20-32)
      • »»»»»»»»»»Dízimo anual. (Dt 14, 22-27)
      • »»»»»»»»»»Dízimo trienal. (Dt 14, 28-29 e 26, 12-15)
      • »»»»»»»»»»Direitos dos sacerdotes e levitas. (Dt 18, 1-8)
      • »»»»»»»»»»Dízimo do peregrino, do órfão e da viúva. (Dt 26, 12-15)
      • »»»»»»»»»»Manutenção das pessoas que se dedicam ao culto. (Lc 10, 2-11)
      • »»»»»»»»»»Jesus paga a didracma. (MT 17, 24-27)
      • »»»»»»»»»»Com que espírito deve ser dado o dízimo? (Lc 18, 9-14)
      • »»»»»»»»»»Sustentação dos ministros (Lc 10, 1-9)
      • »»»»»»»»»»Doação amorosa e doação farisaica. (Lc 18, 9-14)
      • »»»»»»»»»»Oferta hipócrita. (Mt 23, 23)
      • »»»»»»»»»»Auxílio aos irmãos da Judéia. (At 11, 27-30)
      • »»»»»»»»»»Sonegamos na oferta dando menos do que poderíamos dar? (At 5, 1-5)
      • »»»»»»»»»»Coleta aos santos de Jerusalém (Rm 15, 25-29)
      • »»»»»»»»»»Os que desempenham funções sagradas vivem dos rendimentos do templo. (1 Cor 9, 13-14)
      • »»»»»»»»»»Sentido eclesial das ofertas. (2 Cor 8, 1-15)
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»» (Pastoral do Dízimo, num compromisso comunitário. Ir. Roger Pilote)
  • Dicionário Católico Básico. Daniel L. Lowery. Editora Santuáro.
  • Dicionário Bíblico. Mons. Albert Vicent. Edições Paulinas.
  • Dicionário Enciclopédico da Bíblia. A. Van Den Born (Red.). Editora Vozes.
  • Comentário Bíblico. Dianne Bergant CSA e Robert J. Karris OFM (Org.) Edições Loyola.
  • Código de Direito Canônico. Edições Loyola.
  • Bíblia Sagrada. Tamanho grande. Editora Ave Maria
  • Compêndio do Catecismo da Igreja Católica. Edições Loyola.
  • Dicionário de Termos Religiosos e afins. Aquilino de Pedro. Editora Santuário.
  • Compêndio dos Símbolos. Definições e declarações de fé e moral. Denziger, Hünermann. Edições Paulinas.
  • O Quinto Mandamento da Igreja. Revista Pergunte e Responderemos, nº 530. Estevão Bittencourt,  OSB. Editora Lumen Christi.
  • Os Dízimos: que são? Revista Pergunte e Responderemos, nº 514. Estevão Bittencourt, OSB. Editora Lumen Christi.
  • Ignorância religiosa em nível espantoso. Revista Pergunte e Responderemos, nº 536 (fevereiro 2007). Estevão Bittencourt, OSB. Editora Lumen Christi.
  • Pastoral do Dízimo. Estudos da CNBB nº 8. Edições Paulinas.

PARA MAIS CLICAR NA PALAVRA ABAIXO


Does 1 Corinthians 16:1-2 Constitute a Binding Pattern?

This is an era of turbulent change—both in society, and certainly in the church. Increasingly, points of teaching, long cherished, are coming under critical dispute. One such controversial issue appeared in a recent article titled, “The Collection for The Saints,” published on a blog called Voice. The gist of the piece, by a sincere, intelligent young brother, is this. Paul’s instruction in 1 Corinthians 16:1-2 regarding the Sunday collection was unique to the first century. Supposedly “implicit” in the apostle’s admonition is the reality that: “there was no regular weekly collection before this point, only a personal spontaneous yet cheerful giving of ones own liberty” (Joyce, 2010, 1).
The following comments are offered with genuine brotherly concern.
The author contends that giving on the first day of the week was “not an item of worship" in the early church assembly. He alleges the apostle merely “urged” the brethren to give. Yet, by way of contrast, today we recklessly “command” it. The gentleman contends there is nothing in the context that justifies hoarding “money for rainy days, building funds, and ministerial salaries” (2).
The brother concludes that the motive behind Paul’s admonition was to cement Jew/Gentile relations, and such has no bearing upon the modern church. Thus, “we should abandon the traditional reading of the text, which has Paul commanding and extorting 21st century saints by guilt and condemnation, to give every week, primarily to maintain the building and pay someone’s salary….” (3).
Respectfully, we must respond. While Jew/Gentile tension was a portion of that package, it does not exhaust the scope of the sacred text. The problems with the essay under review are several.
(1) It cannot be established that systematic giving in the early church began only with the Galatian/Corinthian situation. (2) The writer fails to distinguish the general authorization for raising money in the early church, from the particular use of the funds in the Galatian/Corinthian situations. (3) The article provides no serious analysis of the Corinthian text. (4) The author ignores considerable scholarship, both in and out of the New Testament church, of some of the best Bible expositors—past and present. (5) The testimony of early church history is overlooked or discounted.
ANTENA 3 TV:

Twitter

Mensagens populares

Número total de visualizações de página

A minha Lista de blogues

Twitter

A minha Lista de blogues

OS MEUS GAMES

http://olamha-batheworldtocome.tumblr.com/tagged/blogue-pessoal Quem Sou Eu? Sou judeu sefardita e… Sou católico, apostólico, romano/ortodoxo e monárquico (como Salvador Dalí, https://pt.wikipedia.org/wiki/O_Grande_Masturbador). Também, católico calvinista, florentino, renascentista, aristotélico-tomista e pessimista…. logo ateu/agnóstico/humanista. Acrescento, epicúrio e do Real Madrid e do Futebol Clube do Porto. Ecologista não fanático, vegetariano muitas vezes não praticante, flâneur infatigável, anarquista de direitas e de esquerdas (sinistras) e “frívolo”, mas não superficial.

Pesquisar neste blogue

A carregar...

A minha Lista de blogues

KSS As Favoritas

KSS: LINKS

  • literário calvinista inclusivo do arminiano MEDITAÇÕES SOBRE A VIDA PRIVADA E A MORTE Há 20 minutos
  • Magcalcauvin's Blog, Católico Reformado - Calvinista inclusivo A QUARESMA E O RISO Há 1 hora
  • This Black Sista's Page » Christmas Songs: “Merry Christmas, Baby,” Otis Redding, 1968 Saturday Night Music, March 19, 2011: Sting, “Sister Moon,” 1987 Há 3 horas
  • Últimas atividades em Uniao de Blogueiros Evangelicos Lu Rodrigues agora é amigo de Ana Paula Silva e wagner barros Há 4 horas
  • Urban Dictionary/Word of the Day pillow lust Há 8 horas
  • Actualité Musicale Adam et Eve... La seconde chance ! Há 19 horas
  • Eleitos de Deus Valorizando a Literatura Cristã Há 20 horas
  • Fim dos Tempos.Net-2012 Nsra: O propósito de Meu adversário é destruir a fé de todos, ele procura levar ruína e destruição a todos os lares que puder , Há 1 dia
  • adragononfire.com La parrilla de Telemadrid TV dedicará este sábado al Atlético de Madrid-Real Madrid más de diez horas (de 14:00 a 0O:00 LX). La programación especial comenzará a las 14:00 LX con Telenoticias 2 desde el Vicente Calderón Há 1 dia
  • Convite à Valsa Crucifixo nas escolas não viola direito à educação Há 1 dia
  • Convite à Valsa 2 ANTENA 3 TV E TELE MADRID | EU SOU UM DISSENTER Há 1 dia
  • MyHasbara's Blog » Frei Bento Domingues: O sofrimento dos cristãos e muçulmanos palestinianos Colonização judaica de uma área de 45000 Km2 no planalto de Benguela, Angola. Há 1 dia
  • A Tunisian Girl /بنيّة تونسية La Révolution Tunisienne S'invite au Salon du Livre de Paris Há 1 dia
  • iLeaks.com | Your Daily Music Fix. New Track: Britney Spears – Don’t Keep Me Waiting Há 1 dia
  • End of days » FIM DA ERA DE PEIXES OU DOS TEMPOS ESPECIAL JAPÃO Há 2 dias
  • JOb+ Eu quero um prof assim!!! Há 2 dias
  • Eliana Sá - Blog Misericórdia Gotas de Misericórdia Há 2 dias
  • Guardiã da Meia Noite Quick Bite Especial: Destaques da Editora iD Há 2 dias
  • La Catapulta El patético, inepto y anticatólico Carlos Berzosa Há 2 dias
  • GOOM Radio: Music News Rihanna is still mad at her father Há 3 dias
  • Jesus in Love Blog Rainbow cross lights the way for all Há 3 dias
  • Kehilah.Net Parashah – TZAV Há 4 dias
  • RHEMA DIZENTE - UM BLOG ANTINOMIANO E INCLUSIVO SAFISMO - PURA POESIAhttp://recantodasletras.uol.com.br/poesiaseroticas/1831199 Há 4 dias
  • PDS - PASTORAL DA DIVERSIDADE SEXUAL CAFÉ COM CINEMA Há 1 semana
  • oxysgenos news Maior sismo de sempre no Japão Há 1 semana
  • FERRaN BaRDOLET RIFà - Violoncel CONCIERTO BP Há 1 semana
  • gustavovidalmanzanares MALDICIONES JUDÍAS Y CRISTIANAS, EJEMPLO DE TOLERANCIA Há 1 semana
  • oxysgenos.com Kylie Minogue > All The Lovers (Video) Há 2 semanas
  • NOSSA ALMA O GUIA RAP ENTREVISTA O RAPPER "C.E.L.A" Há 2 semanas
  • Armando's Blog, Os Bailundos, O Evangelho, Angola kids playground 4 leisure and Education | ÌNDICE DESTE BLOGUE Há 2 semanas
  • NOTÍCIAS DE ISRAEL Há 3 semanas
  • TELECINCO - Página Jimdo de tocho1974 CINE--PELICULAS 1 actualizado Há 3 semanas
  • oxysgenos movies Singularity Há 4 semanas
  • Shalom Serra da Estrela em Israel Há 5 semanas
  • Entrepernas & Entrelinhas Furacão Há 2 meses
  • RicardoNetwork.com Britney Spears > Hold It Against Me Há 2 meses
  • A Rick Thing No Pants Day Há 2 meses
  • Ricardo Network Asia Tigarah > Girl Fight Há 2 meses
  • ..........................ABC ASL Animated Video Há 3 meses
  • Rumination Advent Há 3 meses
  • História, Doutrinas e Heresias das Religiões Por Que Aprender Sobre Outras Expressões de Fé? Há 3 meses
  • ANGLICANVM SCRIPTORIVM Há 6 meses
  • As Opiniões Desportivas de Miguel Sousa Tavares O FUTEBOL NÃO É ASSIM TÃO COMPLICADO (09 MARÇO 2010) Há um ano
  • Blogue de Martin Rivas Martín Rivas para Elle Há um ano
  • Os Mormons Acreditam Morôni Rolim Há 2 anos
  • VALORIZAÇÃO MORAL DE FILMES
  • Los 40 Principales Chile
  • Películas - CENSURA ECLESIAL
  • Los 40 - CHILE - Britney, 2011
  • KSS Hemeroteca

    KSS Etiquetas

    .ROD LAVER (1) "Spousal Mystery" (1) [Canal Livre] Jesus realmente existiu? (1) [TRU:]TV (4) #SpanishRevolution (5) 10 most dangerous toys this holiday season (1) 11-S (2) 15 Maio »» Manifestación 15m. Madrid (1) 2011 - Ano do Pentecostes (1) 2012 (1) 2012 AD (1) 2017 (1) 23 + LINKS (1) 25 de Abril (1) 31 de outubro (1) 5 TOOLS OF CHRISTIAN GROWTH (1) 80 Exits Radio (1) A BODA REAL INGLESA (1) A Cabana (1) A CIDADE DOS MORTOS (1) A Cruz e o Punhal - David Wilkerson on Scribd (1) A Cura Gay - Hélio Schwartsman (1) A DOR MÍSTICA (1) A Igreja Católica admite a predestinação? (1) A Lei do Talião (1) A Mosca (1) A NOITE ESCURA E MÍSTICA DA ALMA (1) A ORIGEM DO MAL (2) A PERVERSÃO DA SOCIEDADE (1) A Rabbi looks at Jesus of Nazareth (1) A Religião e o Exército (1) A Ressurreição não aconteceu num domingo (1) A RITUALIZAÇÃO DAS PASSAGENS DA VIDA: DESAFIOS PARA A PRÁTICA (2) A Última Ceia/Banquete (2) A VIDA EM UM DIA (1) A3 TV (1) Abolição da Monarquia (1) Aborto (3) Absoluta Depravação (9) Absurdos (2) Academia Yeshiva (1) ACAMPAMENTOS (2) Acidente de trânsito que envolveu 14 carros de luxo (1) Acidentes (1) Acordo Ortográfico (1) Adam (1) Adão (1) Adele – Turning Tables (Live) iTunes Festival 2011 (1) Adorar Jesus (1) Adventistas (1) AFETOS SINCEROS (1) After Life (1) Alauitas (1) Alemães (1) ALIENS (3) Alimentos (1) Alma (7) Alma judaica (1) Amar (1) Amor (5) Amor à primeira vista (1) AMOR AOS INIMIGOS (1) An introduction to 2012 from They Might Be Giants. (1) Anarquistas (7) And there is no life after death (1) ANDALUCIA TV (1) Anders Behring Breivik (1) ANGLO – CATOLICISMO (2) Animais (1) ANO NOVO (1) Anselmo Borges (6) ANTENA 3 E TELE MADRID (2) ANTENA 3 LIVE (1) ANTENA 3 TV (3) AntiCristo (2) ANTICRISTOS (1) ANTINOMISMO (1) António dos Santos Queirós (1) Antropologia (1) Anuradha Koirala (1) Apaixonar-se pelo seu noivo judeu (Yeshua) (1) Aparições Marianas (1) APLAUSOS (1) APOCALIPSE (1) APOCALYPSE (2) Apologética (2) Ariel Álvarez Valdés (1) Arrebatamento (1) Arte (1) ARTE E UFOS (1) Artigos (1) As freiras e monges tibetanos (1) AS SANTAS DE ELEIÇÃO E A POLÉMICA MITIGADA (1) ASSEXUAIS (1) Assexualidade (1) ASSIS (1) Ateus (1) ATO DE FÉ. ATO DE CARIDADE (4) Aura Dione (1) AUSTIN MAHONE (1) Autismo (1) AUTORIDADE (1) Avé Maria (1) AVISO UTÓPICO AOS INTERNAUTAS (1) AVISO: Booty Shakin' in Pittsburg | Aviso do blogger aos inernautas (1) Bad English (1) BAPTISMO (2) Batismo (2) BATISMO PELO ESPÍRITO SANTO (1) Batistas Primitivos (1) BEASTIE BOYS 1998 AD RIP (1) Beatificação de João Paulo II (1) Beleza (1) Bem (1) BENTO DOMINGUES (3) Bento Domingues: A Bíblia sob investigação (1) Bento Domingues: Cidadania em tempo de crise (1) Bento XVI (1) Bento XVI 'versus' Joseph Ratzinger (1) BERLIN FESTIVAL (1) Best Seder in the USA (The Passover Song) (1) BETEL TV (1) Betty Millan (2) BÍBLIA (4) BÍBLIA CONTRA DARWIN: NUNCA FOMOS MACACOS (1) BIBLIOTECA DE TEOLOGIA E EXEGESE ECUMÉNICAS - LINKS (1) Bin Laden (2) Blogue de Frei Bento Domingues (1) BLOGUE SOBRE ANIMAIS E OUTROS BICHOS (1) Blogues da Casa (2) Breast Feeding (1) BRITNEY LOUNGE (8) Britney Spears To Play Free Show In Mexico City (1) Britney's Lounge (1) Budismo (1) Bullying (2) BUZZWORTHY (2) CAB (1) Cabalat Shabat (1) Caim e Abel (1) Caio Fábio (1) Calacús (2) Calvin's Commentaries on the Whole Bible (1) Calvinismo (3) CAMINHOS (1) CAMPOS DE FÉRIAS (1) CANAL + LIVE (1) Capela Ortodoxa Online (1) capitalismo (2) Carabanchel (1) Caridade (2) Carnaval (1) Carreira das Neves (1) Casamento (2) Casamento Ortodoxo (2) Casher (1) CATEQUESE (4) Catholics (1) CATÓL INTEGRISTAS (1) Católicos Ultra Integristas (4) CBN NEWS (1) CEBAPES E DAVID STERN (1) CEGOS (1) Celebração (1) Celibato (1) Censos (1) Censos 2011 AD (3) CENTENÁRIOS (1) Cérebro (2) Chávez (1) Child Sex Abuse (1) Christian Side Hug (1) CHRISTIAN ZIONISM (1) Christimas 2011 Did You Know? (1) CHUECA (1) Ciência (1) Ciência Espírita (1) Ciétologia (1) CINA (2) Cinema (1) Cinzas (1) Circuncisão (1) Cláusula Filioque (1) Coca-Cola FM Radio (1) Coerência Cristã (1) COLUNISTA (1) COM QUEM ME DEVO CASAR (1) Comentários Calvinistas da Bíblia (1) Compaixão (1) Comportamento (1) COMUNA (1) Comunhão (1) Comunistas (1) Concílio Vaticano II (1) CONCILIUM E COMMUNIO (1) Condoms (1) Conferências (1) Constantino (2) Consultório sexual Para Crentes (1) Conversão (1) Copic (1) corpóreo da ciência (1) cremação (1) Crenças (1) Criacionismo (2) Crime (1) Crise (2) Crise económico-financeira (1) Crisma (1) Cristianismo Emergent (2) Cristianismo Emergente (2) Cristianismo Tradicional (3) Cristo (2) Cristo no Hades (1) CRISTO REI (1) Crucifixão (1) Cruz (1) CULÉS (2) Culto (1) Cultura (1) Cura (5) CURA E LIBERTAÇÃO (1) Curta Metragem (1) D-us Nos Bailundos (1) D'US E O MAL (1) D'US ELA ELE (1) Dalai Lama (1) Dalai Lama in Australia (1) das abordagens e dos resultados (2) David Wilkerson (1) DEFICIÊNCIA OPTIMISTA (1) degelo polar (1) DEIDADE (9) Democracia não se vinga (1) Demonstre o seu apoio a uma mulher como todas as outras (1) Depressão Pós-parto (1) Desenvolvimento Mediúnico (1) Desjejum de Oração da Páscoa (1) desporto (1) Deus autem unus est (1) DEUS ELE-ELA (1) DEUS O Criador Tweeter (1) Dez Mandamentos (1) Dia da Criação (1) Dia da Reforma: uma aproximação pentecostal (1) DIA DAS MÃES (1) DIA DO PAI (1) Dia dos Inocentes (1) Dia dos Namorados (1) DIA INTERNACIONAL DA JUVENTUDE (1) Diácono (1) DIANTE DO TRONO (1) Diaulas Ribeiro (1) direitos (2) Direitos Humanos (3) Disciplinar Crianças (1) divinity.es (1) DIVINIZAÇÃO (1) Divórcio (1) DÍZIMO (3) Do You Ever Think About Death? (1) Dom António Couto (1) Dominación vs Sumisión (1) Domingo (1) Dominical (1) DOR (2) Dormição (1) DUBSTEP (1) É permitido aos não judeus consultar os astros? (1) é uma alma (1) Easter (1) Economia (3) Ecumenismo (4) Educação (2) El monje Leonard Cohen (1) ELjudio sionista radical Dominique Strauss-Kahn Pdte de FMI fue arrestado por cargos de agresión sexual (1) Em que Consiste este blogue (1) Emergent Christianity (2) Emergent Church (1) Enciclopédia Judaica (1) Encontrada tumba com referência direta a Yeshua como D-us (1) Encontros (2) ENRIQUE IGLESIAS (1) Entre o ateísmo e a Crença (1) Entrevista a Eric Frattini: DEUS NÃO ESTÁ NO VATICANO (1) Erotismo (3) ERROS CONSTANTES DA BRIT HADASHAH NA VERSÃO GOYM (1) Escatologia (17) escatologia bíblica (3) Escola (1) ESCOLA SABATISTA/DOMINICAL (1) Eskup (4) Espírito Santo (1) Espritismo (1) ESTAR APAIXONADO (1) Esteta (1) Estudante da Faculdade de Direito do Largo S. Francisco zomba de mendigo e prostituta em cartaz de festa de formatura (1) ESTUDO SOBRE IDENTIDADES RELIGIOSAS (1) ETA (2) Ética (4) ETIQUETA E BOAS MANEIRAS (1) ETIQUETAS (1) EUA (1) EUCARISTIA (1) EUTANASIA (3) Evangelho de João (1) Evangelical Demonstrators Rally (1) Evolução (5) Exegese (1) Existência de Jesus como D'us (1) EXTRATERRESTRES (1) Eye OS (1) Ezequiel 28 (1) F (1) Facebook (2) Facundo Cabral en 10 canciones (1) Falemos das nossas origens e evolução (1) Falo (1) Família (2) Fariseus (1) FASHION 4 GIRLZ (1) Fátima (3) FÁTIMA NUNCA MAIS (1) faz justiça (1) (1) Fé nos Mortos (1) FEAR (2) FEBRE DE SÁBADO À NOITE (1) Feitiçaria (1) FELICIDADE (2) Feliz Aniversário (1) FÉRIAS (2) Festas (1) FESTAS JUDAICAS E CRISTÃS (1) Festival Aéreo (1) Fighting to make Israel into a military theocracy (1) Filantropia (1) Filhos adultos processam pais para serem sustentados (1) FILOSOFIA (1) Fim (2) Fim do Mundo (1) FLASHMOBS (2) FORMULA GOL NEWS (2) FORMULA GOL TV (1) Fotos (2) FOTOS DA REFORMA (1) four Reformed bodies to recognize each other's baptisms (1) Fraternizar (1) Freiras (1) FRIDAY PARTY (1) From Roman Catholic To Geirim in Orthodox Judaism (1) Fundamentalism (1) FUNDAMENTALISTAS (2) G-D ON THE ROAD (1) G-D'S ANNUAL FALL HOLY DAYS (1) G1 – Dicas de Português – Sérgio Nogueira (1) GAIS (1) GALICIA ES TRILINGÜE (1) Games (1) GAYS (1) Génese (1) Génesis (1) GLBT (15) GLBTI (9) GOD ON THE ROAD (2) GOD TUBE (1) GOL TV (1) Governo Sombra (1) Graça (1) GREEK ORTHODOX CHAPEL ONLINE E LITURGIAS REFORMADAS E CATÓLICA (1) Grupos (1) GTA Bracara Augusta (1) GTV (1) Guerra (1) Guilgul Neshamot (2) HA Satan (1) Hajj (1) HALA MADRID (1) Halloween (1) Hanukkah (2) HAROLD CAMPING (1) Hashem » He-Vau-He-Yod (1) Hélio Schwartsman - Conflito de egos (1) HEMEROTECA (7) HEMEROTECA 2 (1) Hemeroteca 3 (1) Hemeroteca 4 (1) Hermann Tertsch (1) HETEROSEXUAIS (1) Hijab (1) Hindus (1) Hits FM Madrid (1) Holy Days Calendar (1) Homossexual (2) Homossexualidade é doença? (1) Homossexualidade não é opção sexual (1) Horas (1) Hour of Power TV (1) How to Shake Hands (1) Humanitários (1) Humor (4) I am out of control and at times hard to handle. (1) I'm selfish (1) IBREVIARY (1) Ícones (1) Idosos (1) Ignorar a Lei (1) igreja católica (4) IGREJA DE DEUS (1) Igreja e Bíblia (1) IGREJA ORTODOXA DE PORTUGAL (1) Igreja Presbiteriana (2) Imaculada Conceição (2) Imagens que chocaram o Povo de Deus - Especial Britney no Brasil (1) impatient and a little insecure. I make mistakes (1) Imperialistas e humanitários (1) Incidentes (1) inclusive o amor e o respeito de terceiros (1) Inclusivo (1) Índice (1) Índice dos meus blogues (2) INFERNO (3) INRI CRISTO (2) Intimidade Teen em Diferentes Grupos étnicos (1) Intro e Salvação (1) Introdução (3) Introdução a este blogue (Cav by X) (1) IPB LIVE EVENTS (1) IPB TV (2) Islão (4) ISRAEL'S SECRET MESSIAH (1) Jared Leto (1) Jejum (1) Jennifer Knapp (1) Jesus (5) Jesus Cristo (2) Jesus Cristo existiu ou é um mito (zeitgeist)? William Lane e Rodrigo Silva respondem (1) Jesus Cristo resolveu o enigma do século (1) Jesus e o Seu sacrifício ou não sacrifício (2) Jesus nasceu em Belém ou em Nazaré? (1) Jesus realmente existiu? (1) JESUS SIM CRISTO NÃO (1) Jesus was just a man (1) JEW TV (1) Jewish Voice Ministries International (1) JIN (2) JMJ2011 (1) JOÃO PAULO II (3) Jogos (1) José Mourinho (1) José Rodrigues dos santos (1) JOSÉ TOLENTINO MENDONÇA (1) Jovem escritora fica milionária (1) jóvenes antisociales (2) Jovens (1) Judaísmo (7) Judaismo - Moré Ventura revela o verdadeiro Moises | MAZAL (2) Judaísmo e Islão 101 - Inclui Sechita e Halal | A Partícula de Deus - Anselmo Borges | Aminata - Um caso de Mutilação Genital | O caso da Circuncisão na Alemanha (1) JUDAÍSMO E O ALCOOL (1) Judaísmo Humanista (1) Judaísmo Liberal (1) Judaísmo Tradicional Anti-Zionista (1) JUDAS (3) Julgamento de Jesus (2) JUSTIÇA (1) Justin Bieber (3) JUSTIN BIEBER LOUNGE (3) Justin Timberlake (1) Kaká (1) Kalumbonjambonja (the PDF Edition) - Os Bailundos (1) KCA 2011 (1) Kids (7) Klezmer (1) L'OSSERVATORE ROMANO (1) LA 10 (1) Lady gaga (1) Las mujeres más bellas muestran su lado solidario (1) LDS (1) LEFREVIANOS (1) Lei do Talião (1) Leis Xenófobas (1) Leonard Cohen - "Hallelujah" (1) Leonardo Boff (2) Letra kuf e correção da alma (1) Ley Sinde (1) LGBT (2) LGBTI (4) Liberalismo (2) Liberdade (1) Liga Europa (13) LILITH (2) Língua Portuguesa (1) Literatura Nova (1) Liturgia (1) LIVE (1) LIVE CHAT (1) LIVE SOCCER (1) LIVE TV AND SOCCER (3) LIVING ROOM (1) Livre de doença (1) LIVROS (1) logo (1) Los bebés tienen sentido de la justicia con 15 meses (1) Los profesionales más felices (1) Lúcifer (1) Luto (1) M.FACEBOOK (1) M.PUBLICO.PT (1) M.TSF.PT (1) Maçonaria (1) Mãe/Nai Nossa (1) Magreza (1) Mahdi (1) Mal (1) MANIFS TEENS (3) Manual de Segurança no Trabalho (1) MARCA TV (2) Marcos Andrade Abrão (1) Marcos XVI (1) Marte (1) MASSIACH (1) MASTURBAÇÃO (3) MATEUS 2:23 (1) MAZAL (20) MAZAL PASSOVER | ESCATOLOGIA (1) MAZAL | CINA | O QUE É UM MOSTEIRO | AMOR CONJUGAL (1) MAZAL | CINA | O QUE É UM MOSTEIRO | AMOR CONJUGAL | É permitido aos não judeus consultar os astros? | SIGNIFICADO DE MAZAL (1) Mc Donalds (1) MEDITAÇÃO DO REFORMADOR ALEMÃO MARTINHO LUTERO SOBRE O MAL (1) Megritude (1) Melki-Tsedek (1) MEMORIAL AO MEU AMOR SIRACUSA (1) Menú para Navidad clásico (1) Menú para o Natal (1) MERENGUES (6) Metempsicose (1) Mikvah. Menorah (1) Milagre do Perdão (1) Miley Cyrus (1) Ministério Hora Final (1) Ministrar (1) Mística Paulina (1) Miuda (1) Momento (1) MOMENTOS TEEN - BRITNEY (1) Mona Prince (1) Monoteísmo Original (1) Moré Yossef Felix (1) Mórmones (2) Mormonismo (1) Mórmons (1) Morte (5) Mou (1) Mulheres (1) Mulheres no Poder (1) Musica (3) Música (2) MÚSICA ESPECIAL (1) MÚSICA POPULAR PORTUGUESA (1) MY BUTTON COLLECTION (1) Nacionalismo (1) Nadal (1) Namorar (1) Não cobices D-us a Mulher do Próximo (1) não suje a sua imagem com atitudes duvidosas. (1) Natal (2) Neo-ortodoxia (1) Neurociência da Espiritualidade (1) Neutrinos (1) News (2) Niqabs (1) No es guarra (1) NOÉ NOAH (1) Nojo (1) NOTÍCIAS RELIGIOSAS (1) novidades de 2011. ano de 2011 (1) Números Bíblicos (1) NUTRIÇÃO (1) O AMOR - NA VISÃO DOS MEDIEVAIS (1) o Dinheiro e o Mundo (1) O FEMININO (1) O futuro do planeta (1) O homem não tem uma alma (1) O Judaísmo Nazareno crê que não existem duas noivas do Messias (1) O mal (2) O Maligno (2) O Método da Evangelização Puritana (1) O meu ego prefere (livre agência) ser uma metamorfose ambulante e inclusiva de ÉLDER (1) O MEU LIVRO DA VIDA (2) O MEU SIGNO (1) O MUNDO FEMININO ÀS AVESSAS (1) O PADRE DA LIXA (1) O pecado de copiar coisas da Internet (1) O que a Bíblia permite e a igreja proíbe (1) O que é ser uma pessoa inteligente? Ou não ser? (1) O SACERDÓCIO E A BOA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA (1) O SEXO DOS ANJOS (1) O TEMPO (1) O Último Segredo (1) Obama (1) Obama entrega alimentos por Acción de Gracias (1) OIEV (1) Online Jewish community (1) Opus Dei (1) Organograma (1) Ortodoxos (3) Os 4 Maiores (1) OS DEMÓNIOS E OS MABULIANOS (1) Os grandes Super Dragões (1) OS IRMÃOS EM BRAGA (1) OS MEUS ARTIGOS DISTANTES (1) Os meus livros (2) OS NOVOS DEZ MANDAMENTOS (1) OS POPULARES DA SEMANA II (1) Oswaldo Payá (1) oXysgenos Network (1) Padre Apeles (1) Padre da Lixa (3) Padre Javier Alonso (1) Padre José Tolentino Mendonça (1) PADRE LÉO (1) Padre Mário da Lixa (1) Padre Mário de Oliveira (4) Pai Nosso (1) Palavrões (1) PALESTINA y los PALESTINOS (1) Palestine and the Palestinians (1) PALESTRAS (1) Pamela (1) Papa (4) Papa Francisco I (2) Parkinson (1) Partículas subatômicas com massa viajando em velocidades superiores à da luz (1) Páscoa (3) Pastor (1) Pastor Adúltero (1) Pastor Vítor (1) Pátria (1) PAULO COELHO (2) Paulo no Tribunal Judaico (1) Pause For Thought (1) PDF (1) Pecado Original (3) Pecados Capitais (1) Pederastia (4) Pedobatismo (3) Pedofilia (3) Pedro Abrunhosa (1) Pedro J. Ramírez (1) Pedro Passos Coelho no Fórum TSF (1) Pedro Sukeyiro (1) Pena de Morte (1) PEÑA MADRIDISTA (2) Pentecostalismo (1) Pentecostes (2) People I follow (1) Pepsi AD (1) Perdão (1) Perdidos nas Tribos (1) Person of Interest (1) Pesach (1) Pessach (4) Pessach (Páscoa Judaica) (2) Pessoas que sigo (1) PICARETA SÉNIOR (1) Playground (2) Pluralidade dos métodos (2) Pluralismo Judaico (2) PMS (1) Poder (2) Polémica (1) Polémicas (1) Política (4) Pop + (2) POP ISRAEL RADIO (1) Por que o calendário maia trouxe tanta inquietação aos evangélicos (1) Poreotix - Friday (Rebecca Black) HD (1) Porque é que os judeus não acreditam em Jesus (1) PORQUE OLHAMOS PARA OUTRA MULHER SENDO CASADOS (1) Posições Oficiais deste blogue: entre o liberalismo e a neo-ortodoxia. E a sombra de Karl Barth (1) Possessão (1) Predestinação (5) Predestinação TV (1) Prefácio (1) Preparando otro genocidio Lo típico y lo verosímil: el atentado contra Companys (1) Preservativos (1) Prince William and Catherine Middleton's Wedding: Video Highlights (1) processo de rotação de almas (2) Procissão Ateia (1) Profecia (1) Programa Israelita (1) Programa Israelita 2 (1) Prophets (1) PROSTITUIÇÃO (5) Protestant Churches in the Netherlands G-d doesn’t exist (1) PSICIGRAFIA (1) Punto Pelota (4) Punto Pelota Real a toda velocidade (2) Pure Joy - Hour of Power Eps. 2134 and 2132 - Full Hours (1) Quaresma (2) Queer Theology (1) Question: Why do Jews in America have two Passover Seders? (1) Racialismo no Inverso (1) Racionalismo (1) Racismo (2) Racismo Anti-Semita (1) RÁDIO CADENA SER (1) Rádio Gospel FM (1) RÁDIO H7 (1) RADIO SUL AMÉRICA PARADISO - Regina Navarro Lins (1) Radios (2) RAP-CORE (1) Razão (1) Razões para D´us permitir o mal ou ficar em modo de Teismo Aberto (1) Real Madrid News (6) REBECCA BLACK (3) Recreio (2) Rectidão (1) Reencarnação (2) Reforma Protestante (1) Refutação do Protestantismo (2) Refutação dos Ortodoxos Orientais (1) Reggae (1) Regina Navarro Lins (3) RELAÇÕES UNISSEXUAIS HODIERNAS (1) Religião (1) Religião Estável e Religião Itinerante (1) Religiões Várias (2) RELIGIOSIDADE (1) Ressurreição (7) Restauração (1) REV RUN (1) Revolução (1) Revueltas en el mundo islámico (1) Rezar a Avé-Maria faz bem e muito para lá de todos os preceitos religiosas e de fé inerentes ao acto. (1) Ricardo Araújo Pereira e a questão de Deus (1) Ricardo Araujo Pereira e a Questao do HaShem (D'us) (1) Ricardo Gondim (1) Rihanna (2) Riso (1) RIT TV (2) Ritos (1) Ritos Cristãos (1) Romance (2) Rosh Hashanah: The Start of the Jewish New Year (2) Rosto de Jesus (1) Rostos de Jesus (1) Rouco Varela bendice a Rajoy (1) Roupa (1) Ruah (1) RUM (1) Sabbath (1) Sabedoria (1) Sacerdotes y bomberos (1) SADS (1) SAINT OR SINNER (1) SALTOS ALTOSDEFICIÊNCIA OTIMISTA (1) Samhain (1) Santa Maravillas (1) SANTA PAGE (1) SANTO É O ETERNO (1) Santo? Críticos de João Paulo II duvidam (1) santos (1) Satanismo (1) SATURDAY PARTY (1) Scott Anderson (1) Scriptures Metal "Books" (1) se eles têm a Bíblia? (1) Seitas (2) Semana Santa (1) Semântica (1) Ser que se aparece encarnado en animales y personas (1) Sermão da Montanha Versão Moderna (1) Sermons (1) Serviços Religiosos (3) Sete Leis de Noé (1) Sete Mandamentos para atravessarmos a crise (1) SEVENTH DAY SLUMBER (1) Sexualidade (4) Sexualidade Evangélica (2) Shabbat (4) Shavuot (1) Shmuley Boteach (1) Shroud of Turin (2) SIESTA (1) Sincretismo (1) Sindicalistas (1) Sinto nojo de machistas (1) SIRACUSA (1) SITE 4 JESUS (1) Sítio Pessoal (1) Só Jesus Salva (1) SOCCER (1) SOCCER RADIO (1) Socialistas (1) Software livre (1) Solidariedade (1) Somos responsáveis por tudo o que conquistamos (1) Sonhos (1) Sou um Dissenter (1) Spiritual Growth and Academic Performance (1) SPORTS (1) STATS (2) STATS E LINKS DE QUASE TODOS OS MEUS BLOGUES | A MINHA HEMEROTECA VIDEO (1) STATS E LINKS DE QUASE TODOS OS MEUS BLOGUES | HEMEROTECA VIDEO (1) STRAUSS-KAHN (1) Stress (1) SUD (3) SUDS (1) Suicídio (1) SUICÍDIO BULLYING RACISMO VIOLÊNCIA DE GÉNERO (1) Sunset Airshow FAV 2012 Samil (1) Super Tuesday (1) SuperCrise (2) TAGS (2) TAMBÉM ODEIAS (1) Tanya (1) Tatuagens (1) TEEN CHAT (1) Teens (3) Teísmo Aberto (1) TELE 5 LIVE (1) TELEMADRID (1) Tempo (2) TEOLOGIA (1) Teologia da Presperidade (1) TEOLOGIA FEMININA (1) TERAPIA DA TRISTEZA (1) Terapia de Orientação Sexual (1) Teresa de Ávila (1) Tese - Judeus (1) Tese Sobre Homossexualismo (1) Teshuvá (1) Testemunho de um casal (1) texto de Lutero (1) TEXTOS BÍBLICOS SOBRE O DÍZIMO E OUTRAS OFERTAS (2) The 700 Club (1) THE CERN COLLIDER: DEMONIC PORTALS (1) THE END (1) THE GOLDEN CALF (1) THE MACCABEATS (1) THE VATICAN (1) The Wanted (1) The World Reformed Fellowship Statement of Faith (1) The World's Sexiest Book (1) Tikkun ha-Olam (1) TO BE ONE (1) tolerância (1) Tom Cruise (1) TOM HORN (1) Tools (1) TORAH COMPLETA (1) Trabalho (1) TRADICIONALISTAS (1) Trance (1) TranceFM DJ (1) Transfusão de Sangue (1) Tratado da Verdadeira Devoção - Predestinação Marista (1) TRINDADE (13) TRINDADE - DEBATE (1) Tristeza (1) Tu B’Shevat (1) Tulisa - Young (1) Tumblr (1) TV (5) TV Cancão Nova (1) TV CRISTÃ (1) Tweets (7) TWITLONGER (1) Twitter Pessoal (1) Twitters de Regina Navarro Lins (1) TWWW.TV LIVE (1) Una doble de Justin Bieber arrasa en YouTube (1) Unção (1) Uncharted3 na Jordânia - Curto Circuito (1) UNIÃO CARNAL DE PAULO COM CRISTO (1) UNICISTA (9) Uniões Conjugais fora do Matrimónio (1) UNITÁRIOS (9) Universalismo (1) VERBETES (1) Vermes (1) VERNÁCULO (1) Véu (1) VEVO (1) Vida depois da vida (1) Videos (1) Vigo (1) VIGO VIDEO LIVE WEBCAM (1) VIOLÊNCIA DOMÉSTICA (1) VIRGIN (1) Virgindade de Maria (1) Virtudes Teologais (1) VOCÊ E AS SUAS PARTES PARASHÁ VAYIKRÁ | MAZAL (1) Volta de Jesus (1) WEIRD IN A “GOD” WAY (1) Weird por o Reverendo Craig Groeschel (1) What's that crazy Jew been up to? (1) Women and the NIV Bible (1) Xmas (4) Y la plaza de Chueca no se puso los auriculares (1) Ya somos 7.000 millones (1) Yeshua (2) Yom Huledet Sameach (1) Yoshke of Nazareth (1)

    KSS: TWITTER TRENDS IN SPAIN | KLEZMER MUSIC

    Twitter Trends in Spain

    Twitter Trends, Spain - Trendsmap

    http://amesadecafe.wordpress.com/2008/09/21/musica-klezmer-feita-em-portugal/ http://worldmusic.about.com/od/europeanjudaica/p/Klezmer.htm
    Concelho de Braga, Portugal »» Abro uma frente contra o individualismo liberal, que reduz tudo o que envolve a Humanidade à mera economia, e contra o totalitarismo que faz desaparecer o individuo dentro da máquina absorbente do Estado e da Religião, proclamo que somente numa sociedade com vida própria pode desenvolver-se a liberdade concreta a que a humanidade tem direito. O moto “Ecclesia Reformata et Semper Reformanda Est” (“Igreja Reformada e sempre reformando-se”) continua vigente. Quero reforçar a sociedade como travão ao Estado e à Religião, a fim de proteger e promover a liberdade do Indivíduo. Corresponde ao Estado a função de coordenador político, para manter a unidade teológica e orgánica do corpo social, dirigindo, vigiando e impulsionando a vida colectiva. Through the grace of our Lord YAOHÚSHUA (Jesus), the love of G-d, and the communion of the ‘Rukha Hol-Hodshúa (Holy Spirit), I trust in the one triune G-d (YÁOHU ULHÍM), the Shúam (Name), the Holy One of Yaoshorúl (Israel), whom alone I worship and serve (http://gamc.pcusa.org/ministries/pda/). God comes to us in free and undeserved favor in the person of YAOHÚSHUA who lived, died, and rose for us that we might belong to G-d and serve Mehushkhay (Christ) in the world. Following YAOHÚSHUA, Presbyterians are engaged in the world and in seeking thoughtful solutions to the challenges of our time. Presbyterians affirm that G-d comes to us with grace and love in the person of YAOHÚSHUA, who lived, died, and rose for us so that we might have eternal and abundant life in him. As Mehushkhay’s (Christ’s) disciples, called to ministry in his name, we seek to continue his mission of teaching the truth, feeding the hungry, healing the broken, and welcoming strangers. G-d sends the ‘Rukha Hol-Hodshúa (Holy Spirit) to dwell within us, giving us the energy, intelligence, imagination, and love to be Mehushkhay’s (Christ’s) faithful disciples in the world. More than two million people call the Presbyterian Church, http://www.pcusa.org/, (in the U.S.A.) their spiritual home. Worshipping in 10,000 Presbyterian congregations throughout the United States (also in other countries and cities like the city of Braga, Portugal [NOT DIRECTLY CONNECTED BUT INSPIRED BY]: Apresento-vos, amados santos (consagrados) do D-us Ela-Ele/Ele-Ela Eterno, formalmente a MINHA AMADA IGREJA/OHOLYÁO/CONGREGAÇÃO OFICIAL, no meu magnífico site/sítio: http://www.wix.com/ViktorMoreno/conviteavalsa: IGREJA BAPTISTA (PRESBITERANA) PENTECOSTAL – Vias Prebendas dignas duma lauda ou de um asteísmo: Rua de S. Martinho, 9 / Rua Manuel Álvares, 9, Braga; Horários: Terça: 20:30/21:00 (Verão: 21:00); Sábado: 19:00 hrs (Abaixo dos Bombeiros Municipais; em frente da gasolineira “BP” – Sapadores) C.P./Cidade: 4700 Braga; Telemóvel oficial do Pastor: 964 803 540, “ESCRITURAS OFICIAIS”: http://verdadesquelibertam.wordpress.com/as-escrituras-na-versao-yaohushua-clique-aqui/), they engage the communities in which they live and serve with G-d’s love. IGREJA EVANGÉLICA CONSERVADORA FUNDAMENTALISTA EM BRAGA Endereço Rua da Cruz da Pedra, 39 Sítio e contacto Ceia do Senhor Domingo, 10:00 Escola Dominical Domingo, 10:45 Preg. Evangelho Domingo, 10:45 Estudo Bíblico Quarta, 21:00 Oração Sexta, 21:00 Jovens Sábado, 20:30 Senhoras Último Domingo, 15:30 Anciãos Samuel Antunes Vieira, Ernesto da Silva Vieira e David Antunes Vieira Observações Início da presença da Igreja na localidade: Junho de 1957 Data de comemoração de aniversário: 4 de Junho

    Kids Shabbos School

    Esta semana oramos por:

    BÍBLIAS EM VÁRIOS IDIOMAS E TODOS OS MEUS POSTS




    Tags: MTV Shows
    Estudo alerta para ingestão de peixes contaminados com mercúrio A ingestão de peixe contaminado com mercúrio é a principal via de exposição ao metal tóxico e uma ameaça para a saúde no mundo todo, segundo um relatório publicado na revista científica sueca "Ambio". O estudo, elaborado a partir de cinco artigos de especialistas e divulgado hoje pela imprensa britânica, indica que, atualmente, o grau de contaminação com mercúrio industrial é três vezes maior que antes da Revolução Industrial. A poluição de oceanos, lagos, rios e mares deixou alguns peixes com altos níveis tóxicos de mercúrio, cuja ingestão é especialmente prejudicial para grávidas, recém-nascidos e crianças. Os danos causados, inclusive pelos baixos níveis de mercúrio, no desenvolvimento do cérebro são conhecidos há décadas, mas os cientistas do estudo ressaltam que ainda não foi feito o suficiente para reduzir a exposição ao mínimo. O relatório, aprovado por mais de mil cientistas na Conferência Internacional sobre a Contaminação do Mercúrio, realizada no segundo semestre do ano passado, em Madison (Estados Unidos), destaca que os efeitos tóxicos do mercúrio também aumentam o risco de ataques cardíacos, especialmente entre os homens adultos. Apesar da redução das emissões de mercúrio registradas nos países desenvolvidos nos últimos 30 anos, os níveis continuaram elevados por causa das emissões dos países em desenvolvimento. Segundo o professor da Universidade de Wisconsin James Wienes, as implicações políticas da descoberta "são claras". Nos Estados Unidos, a fim de reduzir a exposição ao mercúrio, o Governo lançou uma campanha para alertar as mulheres grávidas para o consumo limitado de peixes, especialmente de pescado branco e mariscos, que devem ser ingeridos em quantidades inferiores a 340 gramas por semana. Uma medida similar é promovida pela agência sanitária britânica, a Food Standards Agency, que aconselha as grávidas a evitar o consumo de tubarão e peixe-espada, e limitar o de atum, já que estes são os peixes com os níveis de mercúrio mais elevados. No entanto, pesquisadores britânicos da Universidade de Bristol descobriram que o pescado também contém ácidos ômega 3 e outros nutrientes essenciais para o desenvolvimento do cérebro, apesar da ameaça que supõe para a saúde sua contaminação com mercúrio. A partir de um estudo com 9.000 famílias, o relatório, publicado na revista britânica "The Lancet", concluiu que os riscos do consumo de peixes são superados por seus benefícios. Fonte: http://noticias.uol.com.br/ultnot/efe/2007/03/08/ult1766u20692.jhtm
    Thaeme e Thiago - Apocalipse (Part. Marcos e Belutti).mp3
    Força Jovem Brasil
    Vancouver Riots 2011
    Hour of Power 2158 (Full Episode) from Crystal Cathedral Ministries on Vimeo.
    Kalumbonjambonja (the PDF Edition) – Versão Revista em Junho 2011http://www.scribd.com/embeds/58688769/content?start_page=1&view_mode=list&access_key=key-98b01xvklntkfrsftp0 Os Meus Posts
    Visitar-me em Twix.com

    Religion Blogs
    blog sites
    Festa da Taça já começou, siga aqui!



    Rapture aside, America's evangelical Christians deserve a little respect
    Tim Stanley - The Telegraph - 22 May 2011          
    Thanks to Vaal for the link Last week I went to a small evangelical church in West Los Angeles to test the mood pre-Rapture. This particular congregation did not buy the prediction by...
    CBS News - CBS - 22 May 2011          
    An aspect of religion that intrigues me is its capacity to con money out of a seemingly endless supply of gullible idiots. Is there anything so stupid that, if you put it out there, you can't find...
    The Thinking Atheist - YouTube - 21 May 2011
    This is worth watching
    Leonard Susskind - TED - 21 May 2011          
    Thanks to weavehole for the link What's it like to be pals with a genius? Onstage at TEDxCaltech, physicist Leonard Susskind spins a few stories about his friendship with the legendary Richard...
    TAGGED: PHYSICS, SPEECHES
    Ben Goldacre - Guardian - 21 May 2011
    Here's no surprise: beliefs that we imagine to be rational are bound up in all kinds of other stuff. Political stances, for example, correlate with various personality features. One major review in...
    Eric MacDonald - Choice in Dying - 21 May 2011          
    This is the second instalment of (former Reverend) Eric MacDonald's replies to reviews of The God Delusion , following the one we posted yesterday. He promises more, and I, for one, look forward to...
    Greta Christina - AlterNet - 20 May 2011          
    Atheists, by definition, don't think any religion has any reasonable likelihood of being true. And yet, for some weird reason, we're often asked to choose between them. Believers often accuse us...
    TAGGED: RELIGION, WINGNUTS
    David Silverman - CNN - 20 May 2011          
    Let nobody doubt that religion hurts people. Good, intelligent, caring people suffer every day and everywhere at the hands of religion, the happy lie. Religion is used by dishonest people who...
    Jerry Coyne - WEIT - 20 May 2011
    I’m so glad that Eric’s website, Choice in Dying, has taken off in a big way. He regularly posts thoughtful commentaries, and, unlike most of us, can’t be accused of theological naivité (he was,...
    Eric MacDonald - Choice in Dying - 20 May 2011
    I’ve been reading reviews of Richard Dawkins’ The God Delusion over the last few days. There are a surprising number of them. Most of them, as is to be expected, no doubt, are written by religious...
    ASHLEY PARKER - The New York Times - 20 May 2011          
    Abby Haddad Carson and Robert Carson say Saturday is Judgment Day; the children, Joseph, Faith and Grace, do not The Haddad children of Middletown, Md., have a lot on their minds: school...
    TAGGED: RAPTURE, WINGNUTS
    - - RDF Store - 20 May 2011          
    Evolution Fun for Kids! Award winning evolution activity playmat, poster and activity guide Special introductory prices, click here to buy
    Bang goes the theory - BBC - 19 May 2011          
    We've already posted a brief, edited version of this conversation, and promised that the full version would come along later. Here, now, is the full version. Link to original post and comments ...
    Ruth Gledhill - The Times - 19 May 2011          
    Religion should not be allowed to “hijack” the great cultural resource of the Bible, according to the atheist scientist Professor Richard Dawkins. Asked by the Labour MP Frank Field, chairman...
    Michelle Boorstein - Washington Post - 19 May 2011          
    UPDATE (thanks to Miranda Celeste for the link): a pdf of the 143-page report itself is here . The largest study ever done on youth sexual abuse by Catholic clergy concludes that the scandal...
    British Humanist Association and RDFRS - BHA website - 18 May 2011          
    Date: 9th June 2011 Start time: 7:00pm for 7:30pm start - 8:30pm Venue: Logan Hall, Institute of Education, 20 Bedford Way, London WC1H 0AL Tickets: Non-members £6.00; £4.00 for BHA members...
    Bart Erhman - YouTube - 18 May 2011          
    This is a very nice – and witty – little vignette by Bart Ehrman. The central Christian dogma of the Trinity, it turns out, occurs in only one place in the bible, in the first epistle of John,...
    TAGGED: RELIGION

    AVISO DO BLOGUE:
    Abro uma frente contra o individualismo liberal, que reduz tudo o que envolve a Humanidade à mera economia, e contra o totalitarismo que faz desaparecer o individuo dentro da máquina absorbente do Estado e da Religião, proclamo que somente numa sociedade com vida própria pode desenvolver-se a liberdade concreta a que a humanidade tem direito. O moto "Ecclesia Reformata et Semper Reformanda Est" ("Igreja Reformada e sempre reformando-se") continua vigente. Quero reforçar a sociedade como travão ao Estado e à Religião, a fim de proteger e promover a liberdade do Indivíduo. Corresponde ao Estado a função de coordenador político, para manter a unidade teológica e orgánica do corpo social, dirigindo, vigiando e impulsionando a vida colectiva. Through the grace of our Lord YAOHÚSHUA (Jesus), the love of G-d, and the communion of the 'Rukha Hol-Hodshúa (Holy Spirit), I trust in the one triune G-d (YÁOHU ULHÍM), the Shúam (Name), the Holy One of Yaoshorúl (Israel), whom alone I worship and serve (http://gamc.pcusa.org/ministries/pda/). God comes to us in free and undeserved favor in the person of YAOHÚSHUA who lived, died, and rose for us that we might belong to G-d and serve Mehushkhay (Christ) in the world. Following YAOHÚSHUA, Presbyterians are engaged in the world and in seeking thoughtful solutions to the challenges of our time. Presbyterians affirm that G-d comes to us with grace and love in the person of YAOHÚSHUA, who lived, died, and rose for us so that we might have eternal and abundant life in him. As Mehushkhay's (Christ’s) disciples, called to ministry in his name, we seek to continue his mission of teaching the truth, feeding the hungry, healing the broken, and welcoming strangers. G-d sends the 'Rukha Hol-Hodshúa (Holy Spirit) to dwell within us, giving us the energy, intelligence, imagination, and love to be Mehushkhay's (Christ’s) faithful disciples in the world. More than two million people call the Presbyterian Church, http://www.pcusa.org/, (in the U.S.A.) their spiritual home. Worshipping in 10,000 Presbyterian congregations throughout the United States (also in other countries and cities like the city of Braga, Portugal (Observation: My Church is not directly connected but inspired by): Apresento-vos, pois, formalmente a MINHA AMADA IGREJA OFICIAL, http://www.wix.com/ViktorMoreno/conviteavalsa: IGREJA BAPTISTA (PRESBITERANA) PENTECOSTAL - Vias Prebendas dignas duma lauda ou de um asteísmo: Rua de S. Martinho, 9 / Rua Manuel Álvares, 9, Braga; Horários: Terça/Quinta: 20:30/21:00 (Verão: 21:00); Sábado: 19:00 hrs (Abaixo dos Bombeiros Municipais; em frente da gasolineira "BP" - Sapadores) C.P./Cidade: 4700 Braga; Telemóvel oficial do Pastor: 964 803 540, "ESCRITURAS OFICIAIS": http://verdadesquelibertam.wordpress.com/as-escrituras-na-versao-yaohushua-clique-aqui/), they engage the communities in which they live and serve with G-d’s love. To ilustrate read the blog's article about women's leadership in Church: http://supralapsarianismo.wordpress.com/2010/10/11/damasio-%e2%80%9co-signo-o-tempo-e-a-consciencia%e2%80%9d-maria-a-mae-de-yaohushua-era-hermafrodita-como-o-afirmam-alguns-muculmanos/
    Também temos uma reflexão democrática com o contraditório: http://conviteavalsa.blogspot.com/2010/09/yaohushua-e-o-nosso-sumo-bem-da.html

    Bento Domingues: Os partidos na Igreja

    No "Público" de 22 de Maio de 2011 AD


    USA DENOMINATIONS LINKS
      DENOMINATIONS
      • Link to denominations | Portuguese Denomination: Metodistas de Portugal
      • Circuito de Braga
        alt BRAGA
        Morada: Travessa Dr. Francisco Machado Owen, 45 (Bairro Social St.ª Tecla) 4710 - 322 Braga Telefone: 253 271 266 Horário das Reuniões: Domingo - 10:00 Escola Dominical Domingo - 11:00 Culto 5ª Feira - 21:00 Estudo Bíblico Pastor responsável: Revª. Eunice Alves Telemóvel: 963 107 631
    ANTENA3 TV
    Fluir.tv
    edsom on livestream.com. Broadcast Live Free
    Watch live streaming video from apliveroyalwedding at livestream.com
    Fernanda Henriques, da Universidade de Évora, constatando que D'us se tornou um ídolo masculino patriarcal - se D'us é masculino, o masculino é D'us e, então, como é que as mulheres se pensam quando se dirigem a D'us figurado no masculino -, afirmou que as teologias feministas devem ser um braço da teologia da libertação, fundamentais para a renovação da Igreja (independente da denominação cristã) e decisivas para equilibrar as representações do homem e da mulher no seu valor na sociedade.
    Documento Final – Compromisso da Cidade do Cabo - Parte I PDF Imprimir E-mail
    Seg, 16 de Maio de 2011 AD
    Documento Final – Parte 2/4
    Congresso Lausanne III
    Compromisso da Cidade do Cabo
    5. Nós amamos o Espírito Santo
    Nós amamos o Espírito Santo na unidade da Trindade, juntamente com o Deus Pai e o Deus Filho. Ele é o Espírito missionário enviado pelo Pai missionário e pelo Filho missionário, que sopra vida e poder na Igreja missionária de Deus. Nós amamos e oramos pela presença do Espírito Santo, pois sem que o Espírito testemunhe de Cristo, o nosso testemunho é inútil. Sem a obra de convencimento do Espírito, é vã nossa pregação. Sem os dons, a direção e o poder do Espírito, nossa missão é mero esforço humano. E sem o fruto do Espírito, nossas vidas desinteressantes não conseguem refletir a beleza do evangelho.
    A) No Antigo Testamento vemos o Espírito de Deus ativo na criação, em obras de libertação e de justiça, enchendo pessoas do Espírito e capacitando-as para todo tipo de serviço. Profetas cheios do Espírito aguardavam ansiosamente a vinda do Rei e Servo, cuja Pessoa e obra seriam capacitadas pelo Espírito de Deus. Os profetas também aguardavam a era que seria marcada pelo derramamento do Espírito de Deus, trazendo nova vida, obediência renovada e dons proféticos para todo o povo de Deus, jovens e velhos, homens e mulheres.[17]

    Leia mais...
    Follow me on Twitter!
    [TRU:] YOUNG TELEVISION
    TV IPB
    Follow me on TwitLonger! Clique no http://www.twitlonger.com/index.php/main_new The Lord's Prayer by Huntley Brown - 2147 from Crystal Cathedral Ministries on Vimeo.
    Hour of Power Ep. 2153 - Full Hour from Crystal Cathedral Ministries on Vimeo.
    Amazing Grace performed by Crystal Cathedral Choir & Worship Team - 2153 from Crystal Cathedral Ministries on Vimeo.
    Hour of Power EP. 2154 - Full Hour from Crystal Cathedral Ministries on Vimeo.
    [TRU:] YOUNG TELEVISION
    TV IPB
    Watch live streaming video from tvbetel at livestream.com

    KSS: SHABBOS/SHABBAT

    CATEGORIAS FUNDAMENTALISTAS NÃO INCLUSIVAS E INCLUSIVAS | A ESPERANÇA DOS DEFICIENTES

    2120 Full Hour from Crystal Cathedral Ministries on Vimeo.

    The Fundamental Top 500


    The Baptist Top 1000 


    IFB1000
    http://unisinos.br/blog/ihu/category/juventude/ » Estudo do Ibase mostra como pensa a juventude sul-americana A juventude perdida da América Latina Uma selvagem celebração da liberdade, da juventude, do excesso » http://www.ihu.unisinos.br/index.php?option=com_noticias&Itemid=18&task=detalhe&id=34669 A fé da juventude. Estudos inéditos apontam um descrédito das religiões ‘Hoje não há geração, há tribo’. A diferença entre a juventude de 1968 e hoje. Entrevista com Zuenir Ventura ||| http://magcalcauvin.files.wordpress.com/2011/05/dc3adzimo.pdf »»»» DÍZIMO PDF ESPECIALMENTE A PÁGINA 5 » http://magcalcauvin.wordpress.com/2011/05/10/dizimo-uma-ideia-de-genio-de-agostinho/

    The Expanded Bible New Testament | Youthworks Bible Studies - Sex, Relationship & the Bible